Atlético-MG chegou a virar a partida contra o Nacional no Paraguai, mas sofre empate no fim com gol de pênalti

Jogadores do Atlético-MG festejam gol de Jô
AP
Jogadores do Atlético-MG festejam gol de Jô

O Atlético-MG chegou a virar o jogo em cima do Nacional, mas os paraguaios conseguiram igualar o resultado em 2 a 2 no fim da partida, com um gol de pênalti que gerou muitas reclamações dos brasileiros. O meia Ronaldinho Gaúcho lamentou ter sofrido o empate, mas aposta que nos jogos em casa para cravar a vaga nas oitavas de final da Libertadores.

"Tomar gol no final é sempre ruim. Agora é aproveitar os jogos que vamos ter em casa, porque a gente sabe que lá temos o apoio do nosso torcedor, para que possamos fazer mais um ano de coisas boas", disse Ronaldinho em declaração ao canal Fox Sports .

Apesar de não voltar para o Brasil com os três pontos, Ronaldinho acredita que o Atlético-MG está no caminho certo para buscar o bicampeonato da Libertadores. "Deixamos escapar uma vitória, mas tem os jogos em casa para definir bem está primeira fase. A gente vai com tudo para ver se a gente consegue bi", declarou.

Ronaldinho foi importante para o Atlético-MG no jogo desta quarta-feira, mas a participação mais ativa do armador foi nos lances de bola parada, o que gerou o questionamento sobre o posicionamento tático dele, que ainda não brilhou nesta temporada.

"É praticamente o mesmo sistema tático. Jogamos mais ou menos da mesma forma, apenas algumas mudanças na parte de toque de bola, de manter um pouco mais posição, mas aí a liberdade é a mesma", afirmou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.