Chico Lins foi contestado pelo empresário Luiz Alberto de Oliveira, dono de empresa parceira do clube catarinense

A diretoria do Avaí , por meio de nota oficial, manifestou apoio ao coordenador de futebol Chico Lins, acusado pelo empresário Luiz Alberto de Oliveira de boicotar profissional alguns jogadores. No comunicado, o clube afirma que tem a total confiança em Lins.

Luiz Alberto é proprietário de uma empresa parceira do Avaí e, por isso, resolveu demonstrar sua indignação. "Esperei essa bela vitória para não tumultuar o ambiente. Mas deixo clara minha insatisfação pelo boicote que meus atletas estão recebendo pelo seu Chico Lins", disse o empresário.

Confira na íntegra a nota publicada no site oficial do Avaí:

O Avaí Futebol Clube, em virtude das declarações prestadas no twitter por seu parceiro Luiz Alberto Oliveira, vem a público esclarecer: O Coordenador de Futebol do Avaí Futebol Clube, Chico Lins, goza de toda a confiança da Diretoria Executiva;

No exercício de sua função, o Coordenador está cumprindo à risca a orientação que recebeu da diretoria no sentido de não privilegiar ou prejudicar jogadores em razão de suas vinculações empresariais;

O trabalho do Coordenador de Futebol vai continuar na mesma linha, sem aceitar imposições ou conceder privilégio e exclusividade a quem quer que seja;

Por fim, o Avaí Futebol Clube vai continuar trabalhando e cumprindo a sua parte nos acordos firmados com todos os parceiros que estejam engajados nos processos que buscam o melhor para o clube dentro e fora de campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.