Atacante saiu do banco de reservas para fazer o gol da vitória contra o Vilhena por 1 a 0, em duelo da Copa do Brasil

Por suspensão e pancada na perna direita, Leandro desfalcou o Palmeiras por cinco jogos. Mas voltou nesta quarta-feira para sair do banco e marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vilhena. Desempenho que o conforta, minimizando a obrigação de fazer o segundo jogo da primeira fase da Copa do Brasil.

Leandro sai do banco e dá a vitória ao Palmeiras, que não elimina jogo de volta

Leandro no vestiário do Palmeiras antes do confronto contra o Vilhena
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Leandro no vestiário do Palmeiras antes do confronto contra o Vilhena

"Corri bem, né? Entrei para ajudar a equipe e, graças a Deus, fui feliz. Recebi o passe do Bruno César e pude fazer o gol", comemorou o atacante, que ficou fora dos treinos por duas semanas graças a um corte que o fez levar sete pontos na perna direita, além do prejuízo da pancada.

Por receber o passe de Bruno César, o atacante diminui as dificuldades do time, que não conseguiu placar suficiente para já se garantir na segunda fase. "Viemos em busca do resultado positivo, independentemente da classificação, e conseguimos o resultado positivo. Isso que é importante", disse Leandro.

"A dificuldade foi a mesma de todos os jogos. Não é só porque o Palmeiras é um time grande que vai vir aqui e golear. Tem onze jogadores do outro lado correndo atrás do mesmo objetivo. Sabíamos que não seria fácil", prosseguiu o jogador, pedindo respeito ao campeão rondoniense.

É provável que Leandro volte a receber uma chance como titular no sábado, quando Gilson Kleina pretende dar descanso aos seus jogadores mais desgastados diante da Ponte Preta, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.