Após segunda derrota do campeão brasileiro na Libertadores, técnico admite falhas do time, mas promete recuperação

O técnico Marcelo Oliveira atribuiu a derrota desta terça-feira para o Defensor no Uruguai, pela Libertadores, ao excesso de erros do Cruzeiro . Segundo ele, o time foi melhor no primeiro tempo, dando poucas chances para os adversários. Mas as falhas na etapa final dificultaram as coisas.

"No primeiro tempo achei que jogamos melhor. Tivemos pelo menos três oportunidades. Tínhamos o controle do jogo, e a única vez que eles chegaram foi em um erro nosso. Esses erros no segundo tempo provocaram o gol. O pênalti foi um momento psicológico do jogo, e não tem que crucificar ninguém. Todo mundo correu muito e o adversário jogou bem", analisou.

Além das falhas do setor defensivo, a falta de inspiração dos jogadores de ataque também foi lembrada por Marcelo Oliveira para explicar o resultado negativo. O treinador, porém, deixa claro que o Cruzeiro vai reagir na competição e buscar a vaga nas oitavas de final.

"Hoje estávamos pouco inspirados. Jogadores importantes em jogadas individuais próximo da área, e nos abalamos depois de perder o pênalti. Aí gerou um novo erro e o gol do adversário. Vamos reagir, vamos em frente e trabalho não vai faltar para isso. Agora temos que fazer o aproveitamento de 100% dentro de casa e buscar o resultado fora contra o Universidad de Chile, porque a Libertadores é difícil mesmo", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.