Palmeiras precisa estrear na Copa do Brasil vencendo o Vilhena por ao menos dois gols de diferença para evitar segunda partida

O Palmeiras quer estrear na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, em Rondônia, vencendo o Vilhena por, ao menos, dois gols de diferença. Mas conseguir o placar que elimina o jogo de volta não é considerado uma obrigação para Alan Kardec.

"Primeiro, temos que vencer. Depois, vamos pensar em eliminar o jogo de volta", disse o artilheiro do Verdão à rádio Globo . "Temos que dar um passo de cada vez e ter muita calma, muita cautela, com pés no chão. Mesmo sabendo que a vitória por um número maior de gols evita o jogo da volta."

Nas metas para a temporada, contudo, não ter que enfrentar o Vilhena na partida de volta, marcada para 10 de abril, ajudaria bastante. O time quer chegar à decisão do Campeonato Paulista e o reencontro com o clube rondoniense ocorreria entre os dois jogos da final.

"Almejamos chegar à final do Paulista e o jogo de volta poderia cair entre as finais se der certo tudo que planejamos. A eliminação desse jogo pode ajudar lá na frente", admitiu Alan Kardec.

"Mas temos que estar concentrados como sempre e buscar sempre o melhor, sem olhar muito a dificuldade. Vamos entrar em campo para fazer tudo que pudermos pela vitória", continuou o atacante, que volta ao time nesta quarta-feira após ser poupado do jogo do último domingo.´

O Palmeiras treinou na tarde desta terça-feira em Cuiabá e embarca para Vilhena nesta noite. O time encara a equipe local às 19h30 (de Brasília) de quarta-feira no Portal da Amazônia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.