Pedro Ken ressalta período para corrigir erros apresentados na partida contra o Bonsucesso e fala em terminar em vantagem

Em busca da classificação para as semifinais do Campeonato Carioca desta temporada, o Vasco desperdiçou oportunidade de conquistar vaga antecipada ao empatar por 1 a 1 com Bonsucesso, no último sábado, em São Januário. Agora, o elenco terá semana livre para se preparar para a disputa do clássico contra o Fluminense, que ocorre neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã. Atento ao momento do torneio, o meio-campista Pedro Ken celebrou o período sem jogos oficiais.

"Precisamos aproveitar esta semana livre para corrigir aquilo que não deu certo contra o Bonsucesso. O clássico será ainda mais complicado e vai exigir muito de nós. Portanto, é fundamental que nosso nível de concentração seja alto e que a equipe consiga ter rendimento ainda melhor. Ganhando esse jogo, conseguiremos nos aproximar do objetivo de acabarmos com vantagem essa primeira fase, além de selarmos de vez a nossa classificação para as semifinais", afirmou o atleta.

Com 34 pontos, o Flamengo já assegurou antecipadamente o título desta fase da competição e terá vantagem do empate contra seu adversário na semifinal. Entretanto, Vasco e Fluminense seguem disputando a segunda colocação. Atualmente, o clube tricolor é o vice-líder, com 27 pontos, seguido pelo Vasco, com 25 pontos. A Cabofriense, com 25 pontos, seria a última classificada para sequência do torneio.

"O clássico é mais uma decisão importante para nós. O Fluminense é um concorrente direto e queremos ficar à frente deles, pois pretendemos ter vantagem na semifinal. Para vencer este jogo, precisamos melhorar muito nosso desempenho em relação ao que tivemos contra o Bonsucesso. A semana livre abre possibilidade para ajustarmos aquilo que não tem dado resultado", completou o atacante Reginaldo, que, assim como o restante do elenco, retorna aos trabalhos nesta terça-feira.

Nos bastidores, o diretor executivo Rodrigo Caetano segue negociando a contratação do meio-campista Felipe. No entanto, o acerto ficou mais complicado após o atleta demonstrar irritação para a transação ser concretizada. Inclusive, o jogador não descarta entrar com ação na Justiça do Trabalho para receber pagamento de dividas antigas que tem com o clube alvinegro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.