Clube, em parceria com a Caixa, reformulou a "República Popular do Corinthians" e lançou novas vantagens

O Corinthians incluiu a Caixa Econômica Federal, sua principal patrocinadora, no projeto de marketing da "República Popular do Corinthians". A partir de agora, os torcedores vinculados ao programa terão acesso a uma plataforma de relacionamento online para trocar "corinthios" - a moeda do clube - por benefícios.

Será possível acumular "corinthios" através do uso dos cartões de crédito ou pré-pago criados pela Caixa em parceria com o Corinthians, que serão disponibilizados a todos os sócios do programa Fiel Torcedor. Há ainda outros meios de obter a moeda virtual, como efetuar compras na rede de lojas Poderoso Timão.

Com uma determinada quantidade de "corinthios", o torcedor poderá adquirir camisas e chuteiras autografadas por jogadores, mensagens de telefone celular gravadas pelos ídolos e até visitas guiadas ao CT Joaquim Grava, por exemplo.

A novidade na República Popular do Corinthians fez o clube também passar a oferecer um novo plano de Fiel Torcedor, o Meu Timão, com anuidade de R$ 29,90. O intuito é atingir o público que não tem condições de frequentar os jogos da equipe, por morar distante de São Paulo, porém deseja desfrutar dos benefícios ganhos com o "corinthio".

A entrada da Caixa no projeto do Corinthians deixou otimista Izael Sinem Júnior, diretor de marketing do clube. Ele já vislumbra atingir a marca de mais de um milhão de pessoas cadastradas no Fiel Torcedor (o número não chega a 100.000 atualmente). "Sete dígitos. Nada menos do que isso é interessante para nós", sorriu.

Para o relançamento da República Popular do Corinthians, o clube realiza uma promoção com uniforme, visita ao CT e um automóvel no valor de R$ 40 mil como prêmios.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.