Goleiro foi grande nome da vitória por 1 a 0 diante da Portuguesa, que sela classificação às quartas do Paulistão

Fernando Prass foi o grande nome do Palmeiras na vitória por 1 a 0 sobre a Portuguesa na nesta quinta-feira, no Pacaembu. Com pelo menos três grandes defesas, o goleiro definiu o resultado que colocou o time nas quartas de final do Paulistão. Mas o próprio herói desta noite disse que a equipe palmeirense ainda não está pronta para a fase de mata-mata do estadual.

“Não, pronto a gente ainda não está. A gente mantém o discurso de que tem que crescer, que é quando vale e importante estar melhor ainda. Em uma fase de mata-mata qualquer descuido pode jogar todo o trabalho de um semestre no buraco”, disse Prass na saída do gramado.

Sobre a boa atuação, o goleiro admitiu até que teve sorte. Aos 27 minutos do segundo tempo, Leandro cabeceou à queima-roupa, mas o camisa 25 pulou bem para defender.

“Apenas levantei o braço esquerdo no reflexo, nem queria pegar”, brincou Prass. “São nesses jogos difíceis que a gente vê que vale a pena ficar um pouco mais longe da família e perder uns dias de carnaval para ficar trabalhando”, completou.

Classificado com três rodadas de antecipação, o Palmeiras irá enfrentar Bragantino ou Rio Claro nas quartas de final do Paulistão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.