Treinador preferiu não criticar a arbitragem, que teve uma atuação ruim no jogo contra o São José

Apesar das dificuldades apresentadas pelo Internacional no empate em 1 a 1 com o São José , o técnico Abel Braga elogiou a atuação de sua equipe nesta quarta, no Estádio do Vale. O treinador valorizou a luta demonstrada pelos jogadores na busca do resultado (o Colorado perdia até os 34 minutos do segundo tempo) e avaliou que sua equipe merecia um resultado melhor.

D'Alessandro em ação contra o São José pelo Campeonato Gaúcho
Edu Andrade/Fatopress/Gazeta Press
D'Alessandro em ação contra o São José pelo Campeonato Gaúcho

"(O São José foi superior) Até o gol. Eu pedi para o rapaz colocar a bola para fora para o D’Alessandro ser atendido, mas a jogada prosseguiu e saiu o gol. Mas quando um time tem dificuldade de jogar não é porque está mal, mas porque o adversário está marcando bem. No segundo tempo estivemos sempre em cima. Se você analisar quantas vezes estivemos na área deles, quantos escanteios tivemos, merecíamos um resultado melhor", apontou o treinador colorado.

Se no intervalo o treinador colorado criticou duramente a arbitragem por conta da validação do gol do São José, em sua coletiva após a partida, de cabeça mais fria, Abelão preferiu não tocar no assunto: "não vou comentar, não vale a pena. É a minha palavra contra a de ninguém. Ele tem a consciência tranquila, e o bandeira também. Vida que segue".

O Internacional voltará a campo neste domingo, diante do Aimoré. Aránguiz voltará ao time após disputar um amistoso com a seleção chilena, mas D’Alessandro será a ausência da vez. O argentino deixou o campo lesionado ainda no primeiro tempo do empate com o Zequinha e pode até mesmo desfalcar o Colorado na estreia da Copa do Brasil, diante do Remo, na quarta-feira que vem.


Melhor campanha

Ainda faltam três rodadas para o fim da primeira fase do Campeonato Gaúcho, mas uma coisa já está definida: o Internacional tem a melhor campanha desta etapa inicial da competição. O empate em 1 a 1 com o São José, aliado ao 0 a 0 do Grêmio com o Cruzeiro-RS e a derrota do Veranópolis para o Esportivo nesta quarta-feira garantiram a condição ao time de Abel Braga, que tem 32 pontos e lidera o Grupo A.

Vice-líder do Grupo A, o Veranópolis foi derrotado pelo Esportivo por 3 a 2, em Bento Gonçalves. A equipe de Julinho Camargo saiu perdendo, alcançou a virada, mas cedeu o resultado e perdeu aos 42 do segundo tempo, graças a um gol de Reginaldo. O time da Terra da Longevidade pode perder o segundo lugar da chave caso o Brasil derrote o Juventude, em Pelotas, nesta quinta.

Outra partida do Grupo A nesta quarta foi a surpreendente vitória do Aimoré, fora de casa, sobre o Lajeadense, por 2 a 1. O resultado embola a briga pela quarta vaga à segunda fase: o Lajeadense estaciona nos 16 pontos, contra 15 de São José e Aimoré e 13 de Juventude e Esportivo. Nenhum desses times corre risco de rebaixamento.

Pelo Grupo B, além do empate gremista, a quarta-feira viu a goleada do Passo Fundo sobre o São Luiz por 4 a 1. O Passo Fundo é o 14º na tabela geral, com 8 pontos, após a punição de oito pontos por ter escalado o meia Paulo Josué de forma irregular, correndo ainda sério risco de rebaixamento. Nesta quinta, pela chave, jogarão Caxias x São Paulo-RS e Novo Hamburgo x Pelotas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.