Tamanho do texto

"Desde que a fase não estava boa víamos os jogos como finais. A responsabilidade aumentou agora", diz o volante Guilherme

Com o risco de ficar fora da fase de mata-mata do Campeonato Paulista, o Corinthians terá a sua própria série de jogos eliminatórios a partir desta quarta-feira. A ordem do técnico Mano Menezes é encarar já a partida com o Linense, fora de casa, como uma verdadeira decisão.

"Desde que a fase não estava boa, com derrotas, víamos os jogos como finais. A responsabilidade aumentou agora. Serão decisões daqui até o final da primeira fase. Não podemos bobear nem ficar cabisbaixos. O jeito é buscar as vitórias em todos os jogos", pregou o volante Guilherme.

Leia mais: Botafogo e Corinthians são únicos grandes ameaçados nos estaduais

O discurso do meio-campista ganhou eco dentro do elenco. O lateral esquerdo Uendel é mais um que se preparou para uma final: "A matemática é essa, indo jogo a jogo. No momento, o mais importante de todos é o de quarta-feira. Devemos conseguir esses três pontos fundamentais e torcer um pouquinho para a tabela ficar favorável".

Classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Paulista

Com os mesmos 17 pontos ganhos pelo Audax, o Corinthians está na terceira colocação do grupo B, atrás de Ituano (21) e Botafogo-SP (22). Restam quatro rodadas para o término da etapa classificatória, e os dois principais concorrentes corintianos ainda enfrentarão o São Paulo.

Veja também: Refém do São Paulo, Cássio diz que Corinthians vai se classificar

Ao ouvir que precisa torcer por vitórias do rival, Guilherme se apressou para corrigir. "Vamos torcer para que Ituano e Botafogo percam", sorriu, sem negar que gostaria de contar com a colaboração do São Paulo. "Seria uma ajuda bem-vinda, é claro."

Já Uendel preferiu lamentar o fato de o Corinthians mesmo não poder tirar pontos de Ituano e Botafogo-SP. "É um campeonato um pouco diferente, em que não enfrentamos os adversários do nosso grupo. Mas a gente já sabia que o regulamento era assim, então não podemos reclamar. Se não conseguirmos a classificação, será por culpa nossa, fruto do nosso início ruim", concluiu o lateral esquerdo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.