Treinador gostou do futebol apresentado por sua equipe na goleada de 4 a 0, mas também elogiou a atuação da defesa

O Cruzeiro encontrou um pouco de dificuldades para jogar no gramado pesado do Mineirão, mas na avaliação do técnico Marcelo Oliveira o time apresentou um bom futebol na goleada de 4 a 0, em cima do Minas Boca , principalmente no aspecto defensivo. O treinador gostou mais do segundo tempo, e destacou o resultado, que, segundo ele, será importante para garantir o primeiro lugar.

Egídio (à esquerda) e Rodrigo Souza tentam roubar a bola de Gleisinho, do Minas Boca
WESLEY RODRIGUES/Hoje em Dia/Gazeta Press
Egídio (à esquerda) e Rodrigo Souza tentam roubar a bola de Gleisinho, do Minas Boca


"No geral, o jogo foi bom, o time jogou muito bem. No segundo tempo ainda melhor, rodando a bola e dominando, até porque a chuva diminuiu também. Fizemos mais uma vitória, um placar importante. Parece que já estamos classificados. Isso é importante como fortalecimento, mas o objetivo é garantir o primeiro lugar", declarou.

A novidade da equipe neste sábado foi a escalação do volante Nilton desde o início da partida. O jogador se recuperou de lesão no joelho e formou a dupla de volantes com Rodrigo Souza, deixando o meio-campo do Cruzeiro mais marcador. Para Marcelo Oliveira, é importante a equipe ter equilíbrio também na defesa.

E mais: Debaixo de chuva, Cruzeiro aplica goleada no Minas Boca no Mineirão

"Ficamos com dois jogadores de muito boa primeira bola, o Rodrigo e o Nilton - principalmente o Nilton, que ganha quase todas. Mas dificultou a jogar. São dois jogadores mais cadenciados, e tiveram um pouco de dificuldade. Mas a marcação foi muito boa. No primeiro tempo, computados 17 desarmes e mais de 20 bolas tomadas. É o que queremos, um time ofensivo, mas que marca bem", analisou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.