Lateral-direito assumiu vaga deixada por Edenílson e acredita que a equipe vem melhorando nos últimos jogos

Fagner, lateral do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Fagner, lateral do Corinthians

O lateral direito Fagner fez uma boa avaliação de seu reinício no Corinthians . De volta ao clube no qual foi revelado após sete anos, ele assumiu o posto que vinha sendo ocupado por Edenílson - negociado com o futebol europeu - e aprovou o próprio trabalho até aqui.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Está tudo dentro do que eu tinha planejado no começo. Claro que tem muita coisa a ser melhorada ainda, estamos no começo. No decorrer do trabalho, no dia a dia, a gente vai melhorando", afirmou o atleta de 23 anos, titular desde que fez a sua estreia, há sete rodadas.

O primeiro jogo de Fagner em seu retorno foi contra a Ponte Preta, o primeiro após a derrota por 5 a 1 para o Santos. Com a equipe em crise, ele não pôde atacar tanto quanto gosta e tem adotado um posicionamento mais defensivo do que o habitual. Aos poucos, vai se soltando.

Ainda que a fase tenha melhorado, segue a preocupação com a marcação nas laterais. O camisa 35 não vem falhando no posicionamento, mas é driblado com relativa facilidade. Do outro lado, Uendel é pego no lugar errado com frequência, algo que tem franzido as sobrancelhas de Mano Menezes.

"O Corinthians está passando por algumas reformulações. Com o entrosamento que estamos buscando jogo a jogo, a gente vai conseguir se encaixar. A partir do momento em que a gente se encaixar, os erros que aconteceram não vão acontecer mais e vamos ter uma equipe bem equilibrada", apostou Fagner.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.