Jogando de portões fechados, a equipe do técnico Claudinei Oliveira venceu o Anapólis por 2 a 1 com participação do meia

O meia Carlos Alberto fez sua estreia pelo Goiás na noite da última quarta-feira, na Serrinha, diante do Anápolis. Jogando de portões fechados, a equipe do técnico Claudinei Oliveira venceu por 2 a 1. O camisa 19 entrou no decorrer do primeiro tempo e não terminou o jogo dentro das quatro linhas, devido a dores musculares. "Tive a felicidade de participar de algumas jogadas e percebi que estou bem".

Ciente de sua participação em campo, o jogador já projetou uma sequência no Campeonato Goiano. "Dei algumas arrancadas e correspondi bem em momentos que exigiam mais de mim. Esse pouco tempo já foi um sinal de que poderei seguir o planejamento dos preparadores físicos para mim e continuar o restante da temporada sem sustos", analisou.

Mais solto e confiante, Carlos Alberto afirmou estar pronto para disputar o seu primeiro clássico goiano, contra o Atlético-GO, no próximo dia 9 de março, às 16h (de Brasília), no Serra Dourada, pela 13ª rodada do Estadual. Com 29 pontos conquistados, o Goiás é o líder isolado do Grupo A.

"Quero agora garantir minha participação no clássico diante do Dragão, acredito que será possível atuar por mais minutos. Esse foi o principal motivo para eu ter saído sem forçar, quando senti a dor", finalizou.

Análise do técnico

Claudinei Oliveira também analisou a entrada da mais recente contratação esmeraldina. Para o treinador, Carlos Alberto foi bem.

"Infelizmente ele teve que sair antes dos 90 minutos. Acho que atuou muito bem. Há algum tempo ele não jogava e pareceu não sentir. Buscou o jogo e apareceu em campo. Obviamente, falta ritmo, mas já foi muito bom para a primeira partida", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.