Atacante tinha saído de campo criticado pela torcida após a derrota no domingo para o Veranópolis

Wellington Paulista comemora primeiro gol pelo Internacional
Luciano Leon/Futurapress
Wellington Paulista comemora primeiro gol pelo Internacional

Depois de ser bastante contestado pelos torcedores colorados após a derrota para o Veranópolis, no último domingo, o centroavante Wellington Paulista deixou o banco de reservas e deu ao Internacional uma difícil vitória sobre o Brasil de Pelotas nesta quarta-feira. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa colorada, fato que tira um peso que pairava sobre suas costas.

"Para mim foi muito importante esse gol. Eu me cobrava muito também. Eu vinha atuando no time de baixo, onde todo mundo ainda está se conhecendo. Não tem o mesmo entrosamento do time de cima, mas foi importante para que eu ganhasse ritmo de jogo. Graças a Deus, hoje entrei e fiz o gol", comemorou o centroavante, que completou um cruzamento rasteiro de Fabrício e marcou o gol do 1 a 0 em favor do Inter.

A vitória sobre o Brasil de Pelotas classificou o Inter de forma matemática aos mata-matas do Gauchão. Ernando viu na dificuldade imposta pelo time xavante um desafio que o Inter soube superar: "vitória importante. A equipe deles veio muito fechada, querendo os contra-ataques, mas nós não demos os espaços que eles queriam. Estamos melhorando", analisou.

O goleiro Dida, que disputou seu segundo jogo pelo clube, ainda reconhece que precisa de um melhor entrosamento com os companheiros: "sinceramente, ainda preciso me adaptar. Foi só o meu segundo jogo com a equipe", afirmou o camisa 1.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.