Ainda em fase de recuperação física, atacante e meia não são nem relacionados para o jogo contra o Comercial, na quarta

Emerson Sheik, atacante do Corinthians
Daniel Augusto Jr. /Agência Corinthians
Emerson Sheik, atacante do Corinthians

Mano Menezes voltou a fechar o treino do Corinthians , mas não deverá mexer na equipe para o confronto com o Comercial. Possíveis novidades, Renato Augusto e Emerson não vão ficar nem no banco de reservas do Pacaembu na noite de quarta.

O meia, que fez pré-temporada especial contra seus recorrentes problemas físicos, ainda não está nas melhores condições. Ele só atuou por alguns minutos contra o Palmeiras e, de acordo com o técnico, ainda está distante dos companheiros.

Já Emerson ficou fora das duas últimas partidas por conta de uma pequena cirurgia para retirar um abscesso do braço. Como ficou sem treinar, Mano vai botá-lo para correr antes de voltar a relacioná-lo, o que deverá acontecer no jogo contra o Linense, na Quarta-Feira de Cinzas.

"Ainda não vou relacionar o Renato Augusto. É bem provável que sim na partida pós-Carnaval. O Emerson ficou fora de dois jogos e precisa fazer um trabalho que dê condição a ele de estar a disposição e ser relacionado, provavelmente no jogo seguinte", afirmou o treinador.

Por enquanto, o gaúcho vai tocando o time sem os dois. Seu plano é contar com Renato Augusto na armação, pelo lado direito, mas a frágil condição física do ótimo meia faz o técnico projetar essa possibilidade sem grande ansiedade, sob o risco de ficar desapontado.

"É um pouco cedo para pensarmos na utilização do Renato Augusto, ele precisa se colocar no mesmo nível dos que estão jogando. Aí, sim, poderemos ter uma ideia. Como eu não pretendo mudar o sistema que encontramos, ele vai ter que se encaixar em uma das posições que montamos para ser titular", explicou Mano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.