Jogadores não engoliram a derrota por 1 a 0 para o Veranópolis e já pensam no confronto com o Brasil de Pelotas para se recuperar do tropeço

O Internacional pressionou bastante, mas não conseguiu superar a forte defesa do Veranópolis e acabou derrotado pela primeira vez no Campeonato Gaúcho, por 1 a 0. Os jogadores colorados deixaram o gramado do Antônio David Farina lamentando o primeiro resultado negativo da equipe em 2014 e o fato de a equipe não ter marcado gols pela primeira vez na temporada.

Ernando vai ao ataque para arriscar o cabeceio
Divulgação
Ernando vai ao ataque para arriscar o cabeceio


"Infelizmente, não conseguimos penetrar na defesa adversária, o que acabou culminando com nossa primeira derrota. Agora precisamos manter a cabeça fria e tentarmos nos recuperar na sequência", afirmou o zagueiro Ernando, já projetando o confronto da próxima quarta-feira, contra o Brasil de Pelotas, no Beira-Rio. "Nós sabíamos das dificuldades. É claro que eu fico feliz em jogar bem, mas preferia ter ido mal com vitória do nosso time", disse o meia Alan Patrick, um dos destaques colorados na partida.

O lateral esquerdo Alan Ruschel voltou aos gramados neste domingo após seis meses parado, por ter sido pego em um exame antidoping no ano passado. O ala saiu de campo com um sentimento duplo: o de felicidade pelo retorno, mas tristeza pelo resultado: "Não era a volta que eu desejava. Queria uma vitória para marcar o meu retorno com chave de ouro, mas não deu. Ainda estou um pouco fora de ritmo, mas foi apenas o primeiro jogo", disse Ruschel.

A derrota para o Veranópolis não tirou o Inter da liderança absoluta do Grupo A do Gauchão, com 25 pontos. Com a vitória, o VEC ultrapassou o Brasil e assumiu a segunda colocação da chave, com 19 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.