"A gente achava que a equipe poderia apresentar problemas de entrosamento, mas jogamos de forma consistente", avaliou

Nem parecia uma equipe mista do Grêmio a que bateu o Novo Hamburgo neste sábado por 3 a 0 . Apesar de nunca ter atuado junto, o time superou o desentrosamento e viu os quatro homens de frente (Luan, Dudu, Alán Ruiz e Barcos) se entenderem muito bem a noite toda na Arena. O técnico Enderson Moreira gostou do que viu.

"A gente achava que a equipe poderia apresentar problemas de entrosamento, mas jogamos de forma consistente", avaliou o técnico. "Acho que fizemos um grande jogo. Precisamos ressaltar a dedicação da equipe. O time tem melhorado, criado muitas oportunidades, e isso é o mais importante", apontou.

Apesar da ótima atuação do time no 4-3-3, e de reservas como Dudu e Alán Ruiz, a tendência é a manutenção da formação com três volantes nesta terça, diante do Atlético Nacional, pela Libertadores. Foi no 4-3-1-2 que o Tricolor passou a se afirmar na temporada, batendo o Nacional-URU, em Montevidéu, em sua estreia na competição continental.

"Nós tivemos um jogo de extrema dificuldade contra o Nacional-URU, e a equipe se portou muito bem com os três volantes, com posse de bola e controle do jogo. Temos opções. O desenho tático muda muito pouco, o importante é termos alternativas", definiu o treinador gremista.

O elenco tricolor realizará um trabalho na manhã deste domingo e outro na segunda-feira. A equipe lidera o Grupo B do Gauchão, com 21 pontos, e divide a ponta do Grupo 6 da Libertadores justamente com os colombianos, com três pontos.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.