"O motivo? Fazer algo tão idiota", disse Javier Clemente, que atualmente comanda a seleção da Líbia

Treinador da seleção espanhola entre 1992 e 1998 e atualmente no comando da Líbia, Javier Clemente acompanhou a goleada do Barcelona por 6 a 0 sobre o Rayo Vallecano, no último sábado, e viu Neymar e Daniel Alves dançarem a música "Lepo Lepo" na comemoração do sexto gol. E, em entrevista ao programa Jugones de la Sexta , o técnico não poupou criticas aos brasileiros e, inclusive, pediu punição mais severa.

Daniel Alves comemora gol de Neymar
Getty Images
Daniel Alves comemora gol de Neymar

"Quando você sofre um gol e então alguns jogadores fazem uma coisa idiota como essa... Eu daria cinco jogos de suspensão a cada um. O motivo? Fazer algo tão idiota", afirmou o experiente treinador, de 63 anos.

Durante o período em que atuou no Santos, entre 2009 e 2013, Neymar fez diversas coreografias de músicas nas comemorações de seus gols. Em 2010, quando se fixou entre os destaques do futebol nacional, o atacante ainda ajudava na criação de comemorações irreverentes, tendo Robinho, Paulo Henrique Ganso, Wesley e André como principais companheiros.

Entretanto, no Barcelona, poucas atletas costumam comemorar desta maneira. Em abril de 2012, o volante Thiago Alcântara (atualmente no Bayern de Munique) e Daniel Alves dançaram para celebrar gol do meio-campista. Logo na sequência, o zagueiro e capitão do time blaugraná, Carles Puyol, chegou para interrompê-los. Já nos vestiários, o treinador Josep Guardiola pediu desculpas pela coreografia dos jogadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.