Tamanho do texto

Com atenções voltadas para a Libertadores, Marcelo Oliveira colocou o time suplente e viu Marcelo Moreno marcar dois gols na vitória por 3 a 1, no estádio Melão

Marcelo Moreno marcou dois gols na vitória do Cruzeiro por 3 a 1 contra o Boa Esporte
Pakito Varginha/Futura Press
Marcelo Moreno marcou dois gols na vitória do Cruzeiro por 3 a 1 contra o Boa Esporte

No duelo entre líder e o více-lider do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro levou a melhor sobre o Boa Esporte neste sábado, no Estádio Melão, em Varginha. Com foco na Copa Libertadores, o time "alternativo" celeste colocado em campo venceu a equipe boveta por 3 a 1, com dois gols de Marcelo Moreno e outro de Júlio Baptista. Bruno Aquino descontou para o time da casa.

A vitória deixou o Cruzeiro na liderança isolada do Campeonato Mineiro, com 17 pontos conquistados em sete partidas jogadas. O Boa Esporte é o segundo colocado, com 13 unidades em seis jogos disputados.

Jogo

A primeira boa oportunidade do duelo veio do time da casa. Aos 25 da primeira etapa, Wallace saiu jogando errado, e Francismar aproveitou e arriscou de fora da área, obrigando o goleiro Fábio a fazer uma grande defesa.

Luan fez boa jogada na lateral, aos 28 minutos, e tocou para Henrique, que passou a bola para Marcelo Moreno, livre de marcação. O boliviano driblou o goleiro no mano a mano e conferiu a esférica para o fundo das redes.

O Cruzeiro quase ampliou em seguida, aos 32, quando Elber fez ótima jogada individual e bateu cruzado, na sobra, Léo rematou mal e a bola passou por cima do gol do Boa Esporte.

A resposta do time de Varginha veio aos 38, quando Edmar deu um belo passe para Bruno Aquino, que tocou por cima do goleiro Fábio para deixar o placar da partida em igualdade.

Pouco antes dos times irem para os vestiários, o Cruzeiro teve uma grande chance para sair vitorioso da primeira etapa. Souza cruzou para Tinga, que deixou a bola para Marcelo Moreno. O atacante cabeceou no contrapé do goleiro Emerson, que acabou operando um milagre.

Logo no inicio do segundo tempo, aos seis minutos, o time celeste deu um susto no Boa. Elber tocou para Marlone, que mandou de primeira para Marcelo Moreno. O jogador boliviano não aproveitou e chutou para fora.

O Cruzeiro voltou a liderar o marcador aos 20 minutos da segunda etapa. Em boa triangulação, Elber tocou para Mayke, que passou a bola para Marcelo Moreno, livre para empurrar a bola para o fundo da meta do Boa. Segundo gol do boliviano na partida.

Nos acréscimos da partida, aos 46 minutos, Alisson cruzou na medida, achando a cabeça de Júlio Baptista, que fez o terceiro gol do Cruzeiro. 

FICHA TÉCNICA
BOA 1 x 3 CRUZEIRO

Local: Estádio Prefeito Dilzon Melo, em Varginha (MG)
Data: 22 de fevereiro, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro : Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Márcio Eustáquio Souza Santiago e Leonardo Henrique Pereira
Cartões amarelos: Neylor (Boa); Souza (Cruzeiro)
Gols:
BOA: Bruno Aquino, aos 38 minutos do primeiro tempo;
CRUZEIRO: Marcelo Moreno, aos 28 do primeiro tempo e 20 do segundo tempo; Júlio Baptista, aos 46 minutos do segundo tempo

BOA: Emerson; Edmar, Neylor, Mateus Alves, Marinho Donizete; Moisés Ribeiro (Alexandre), Vinícius Hess, Betinho, Francismar (Filipinho); Malaquias (Wandinho) e Bruno Aquino
Técnico: Ney da Matta

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Wallace, Léo, Luan; Henrique, Souza, Tinga (Nilton), Marlone, Elber (Alisson); Marcelo Moreno (Júlio Baptista)
Técnico: Marcelo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.