Equipe treinada por Enderson Moreira quebra um jejum de sete anos sem vencer o Caxias na Serra

Em uma partida com duas viradas, o Grêmio obteve a vitória sobre o Caxias, nesta quarta, no Centenário. Com um gol de Zé Roberto e dois de Barcos, bateu a equipe grená por 3 a 2, quebrando um tabu de sete anos sem vencer o Caxias na Serra. A partida marcou a estreia do atacante Dudu.

Zé Roberto comemora gol do Grêmio diante do Caxias
Luca Erbes/Futura Press
Zé Roberto comemora gol do Grêmio diante do Caxias


A primeira etapa foi muito movimentada. O Grêmio começou melhor e abriu o placar após ótima assistência de Luan para Zé Roberto, mas o Caxias acordou e alcançou a virada menos de cinco minutos depois. Barcos, porém, empataria, levando o intervalo para um 2 a 2. Logo na volta do intervalo, Barcos marcou outro. O Grêmio tratou então de administrar o resultado, tornando o segundo tempo bem mais lento que o primeiro.

Ainda líder do Grupo B, com 16 pontos, o Grêmio agora receberá o Novo Hamburgo, sábado, na Arena. O Caxias, com apenas 9 pontos, é o 5º colocado da chave. Domingo a equipe grená visita o São Luiz, em Ijuí.

Com time quase completo (apenas Marcelo Grohe não jogou), o Grêmio partiu cima do Caxias mesmo jogando fora de casa. Luan, um dos destaques da equipe mais uma vez, quase abriu o placar aos sete minutos, ao cortar a marcação e chutar raspando a trave. Aos 18, o garoto deu bela assistência, deixando Zé Roberto livre. O veterano ingressou na área e tocou na saída de Douglas, abrindo o placar.

O que parecia começar a ser uma vitória tranquila do Grêmio virou do avesso em apenas seis minutos. Aos 21, o Caxias empatou em cruzamento de Rafael Carioca na cabeça de Júlio Madureira. O centroavante quase marcou outro no minuto seguinte, em chute bem defendido por Busatto. Mas a virada não demoraria a chegar: aos 24, Baiano subiu livre após cobrança de escanteio e fez 2 a 1. O Caxias ainda quase marcou outro aos 27, em chute de longe de Rafael Carioca, com perigo.

Só depois desses dois golpes é que o Grêmio voltou para o jogo. Aos 30, Luan chutou de fora da área, Douglas espalmou, Werley tentou pegar o rebote, mas a zaga conseguiu brecá-lo. Aos 33, o empate: Barcos recebeu pela direita e tentou cruzar em vez de chutar, mas o chute saiu fechado e encobriu o goleiro do Caxias.

Barcos encobriria Douglas novamente aos três minutos do segundo tempo. Um lançamento do goleiro Busatto em cobrança de tiro de meta encontrou o Pirata livre na área. O argentino só teve o trabalho de deslocar o goleirão do Caxias e determinar a segunda virada da partida.

Mesmo com a vantagem, o técnico Enderson Moreira deixou o Grêmio mais ofensivo aos 21, tirando o volante Ramiro para promover a estreia do atacante Dudu, que entrou bem no jogo. Logo em seu primeiro lance, ele cruzou para a cabeçada de Barcos. Douglas tocou com a ponta dos dedos e a bola explodiu no travessão.

Aos 27, Dudu mandou uma bomba de fora da área, espalmada pelo goleiro do Caxias. Aos 38, Luan se livrou de dois marcadores e, dentro da área, bateu para fora. O Caxias, que não havia chegado com perigo nenhuma vez no segundo tempo até então, quase empatou aos 46, quando o goleiro Busatto salvou um toque de cabeça de Tiago.

FICHA TÉCNICA
CAXIAS 2 x 3 GRÊMIO

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul
Data: 19 de fevereiro de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Lima
Assistentes: Júlio César dos Santos e Paulo Ricardo Conceição Cartão amarelo: Edinho, Rhodolfo e Dudu (Grêmio)
Gols: CAXIAS: Júlio Madureira, aos 21, e Baiano, aos 24 minutos do primeiro tempo GRÊMIO: Zé Roberto, aos 18, e Barcos, aos 33 minutos do primeiro tempo e aos 3 minutos do segundo tempo

CAXIAS: Douglas; Léo (Thiago Santana), Tiago, Léo Korte e Dieyson; Baiano, Alisson, Wallacer e Rafael Carioca (Mailson); Júlio Madureira e Lucão
Técnico: Antônio Picoli

GRÊMIO: Busatto; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho (Léo Gago), Ramiro (Dudu), Riveros e Zé Roberto (Alán Ruiz); Luan e Barcos
Técnico: Enderson Moreira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.