O volante Bruno Silva marcou o único gol da partida, ainda no primeiro tempo e time campineiro chegou aos 15 pontos

Pressionada após dois resultados negativos no Campeonato Paulista, a Ponte Preta voltou ao Estádio Moisés Lucarelli nesta quarta-feira com a missão de voltar a vencer para seguir com boas chances de classificar às quartas de final. Desta forma, diante de pouco mais de dois mil torcedores, a equipe campineira fez a lição de casa e garantiu a vitória magra, por 1 a 0, sobre o Linense.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O único gol da partida foi marcado ainda no primeiro tempo, pelo volante Bruno Silva, após cobrança de escanteio do meia Adrianinho. Apesar do placar magro, a Ponte Preta teve o controle do confronto na maior parte do tempo, garantindo a vitória após duas derrotas consecutivas.

Com a vitória, o time campineiro chegou aos 15 pontos, assumindo a segunda colocação do Grupo C, apesar de o São Bernardo, com um tento a menos, ainda jogar nesta rodada, contra o São Paulo, nesta quinta-feira. Na próxima rodada, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), o adversário da Ponte será o Penapolense, no Estádio Tenente Carriço.

O Linense, por sua vez, com mais uma derrota no Campeonato Paulista, perde a chance de encostar nos dois primeiros colocados do Grupo, permanecendo na terceira posição, com 10 pontos. Para tentar se recuperar, a equipe de Bruno Quadros volta a campo neste domingo, ás 18h30 (de Brasília), contra o São Bernardo, no Gilbertão.

O jogo - Após duas derrotas consecutivas, diante de Ituano e Atlético Sorocaba, a Ponte Preta entrou em campo pressionado pelo seu torcedor nesta quarta-feira, precisando vencer para seguir na briga por uma vaga nas quartas de final. Desta forma, a equipe campineira não demorou a tomar a iniciativa nos primeiros minutos de jogo, chegando com mais perigo ao gol adversário.

Desta forma, a Macaca já assustou Anderson, goleiro do Linense, aos quatro minutos do primeiro tempo. Ferrugem desceu com espaço pela direita, fez o passe para Adrianinho no meio, que já escorou rapidamente para Silvinho. O atacante emendou o chute forte de primeira e carimbou o travessão adversário.

Improvisado na lateral direita, o volante Ferrugem, após a boa jogada inicial, seguiu infernizando a defesa do Linense, que sofria com o volume de jogo da Ponte Preta ao longo da primeira etapa. O cenário de jogo indicava que o gol dos campineiros era questão de tempo, e o feito aconteceu antes mesmo do intervalo.

Ao trabalhar a bola no campo de ataque, a Ponte ainda tinha dificuldades para chegar com clareza ao gol adversário. Sendo assim, usou a bola parada para balançar as redes. Aos 31 minutos, Adrianinho cobrou escanteio para o meio da área, Bruno Silva apareceu na marca do pênalti, se antecipou aos zagueiros e testou ao fundo do gol.

Depois de chegar ao gol, o time campineiro diminuiu o ritmo, apesar de garantir a vantagem antes do intervalo. Na volta para o segundo tempo, porém, o Linense levou muito perigo já aos dez minutos, após cobrança de falta ensaiada para o meio da área da Ponte. Nikão errou o chute, Fernando cabeceou para o gol e César salvou em cima da linha. No rebote, que sobrou para o mesmo jogador, Roberto fez a defesa.

Apesar do susto inicial, o Linense pouco criou na sequência do segundo tempo para assustar a Ponte Preta, deixando a equipe campineira em situação mais confortável para administrar o resultado. Já no fim, aos 34 minutos, o volante Bruno Silva apareceu bem na área novamente e carimbou a trave. O gol perdido, no entanto, não fez falta. A vitória por 1 a 0 estava garantida, apesar de uma enorme pressão dos visitantes nos acréscimos da etapa complementar.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 0 LINENSE

Data: 19 de fevereiro de 2014
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Aurélio Santanna Martins
Assistentes: Fabricio Porfirio de Moura e Maria Nubia Ferreira Leite
Cartões Amarelos: Alemão, Bruno Silva, Diego Sacoman (Ponte Preta) e Rodrigo Tiuí (Linense)
Gol: PONTE PRETA: Bruno Silva, aos 31 minutos do primeiro tempo

PONTE PRETA: Roberto; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva, Fernando Bob e Adrianinho (Alef); Ademir (Rossi), Silvinho e Alemão (Bida)
Técnico: Vadão

LINENSE: Anderson; Marcelo, Fernando, Tobi e João Paulo; Renan Teixeira, Thiago Santos, Fernandinho (João Lucas) e Nikão (Diniz); Rodrigo Tiuí e Anselmo (João Paulo Oliveira)
Técnico: Bruno Quadros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.