Reforço do Corinthians diz que não há nenhum problema em ter dois jogadores de armação atuando juntos no time

Jadson fez sua estreia pelo Corinthians no clássico diante do Palmeiras
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Jadson fez sua estreia pelo Corinthians no clássico diante do Palmeiras

As condições físicas de ambos impediram que Jadson e Renato Augusto jogassem toda a partida contra o Palmeiras no último domingo. Um foi substituído pelo outro no clássico, mas os dois acham que podem atuar juntos na criação das jogadas do Corinthians .

Jadson pode formar dupla com Renato Augusto? Comente com outros leitores

"O Renato Augusto é um grande jogador. O Mano já deve ter alguma coisa na cabeça, mas acho que não tem problema nenhum ter dois jogadores de armação. O Mano vai ver e trabalhar, tomara que dê certo. Com entrosamento e dedicação, tem tudo para dar certo", disse Jadson.

Leia mais: Jadson aposta em classificação do Corinthians apesar de distância grande

Renato também já havia se manifestado a favor da utilização de uma dupla de meias, mas, pelo preparo físico dos atletas e da crise, Mano Menezes adotou uma formação com três volantes no empate por 1 a 1 com o Palmeiras. Jadson e Romarinho atuaram à frente deles, abertos, com Guerrero na área.

"A gente teve a semana cheia e trabalhou bastante a parte tática, o posicionamento. Os volantes deram segurança e liberdade para mim, para o Romarinho e para o Guerrero. A gente vai melhorando com o tempo e com as formações que o Mano vai adotando", comentou Jadson.Um dos volantes, Guilherme, recebeu o terceiro cartão amarelo. É provável que Cachito Ramírez, mais ofensivo, seja o escolhido para ocupar a vaga contra o Oeste, na próxima quarta. Emerson, de volta de suspensão, pode devolver Guerrero ao banco, mas o certo é que Jadson, após uma boa estreia, seguirá entre os titulares.

"Acho que comecei com o pé direito. O Corinthians tem grandes jogadores, jogadores de qualidade, e eu estou chegando agora, tenho que conhecê-los melhor. Isso vou ganhar com o decorrer dos jogos, mas é importante a confiança que recebi da comissão técnica", disse o meia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.