Tamanho do texto

Jogo em Novo Hamburgo ficou interrompido por mais de 40 minutos na noite desta terça-feira

Em uma partida que ficou marcada por uma falta de luz que interrompeu as ações por 46 minutos no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, o Internacional bateu o Juventude por 2 a 1, pela 9ª rodada do Gauchão. Rafael Moura e Aránguiz marcaram os gols do Inter, e Zulu descontou. O time também estreou seu uniforme amarelo na noite desta terça-feira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros internautas

A partida foi bastante acidentada. O Inter dominava o jogo até o apagão, que ocorreu aos 20 minutos de jogo. A luz voltou, a equipe colorada seguiu superior e abriu o placar, antes de Fabrício e Diogo trocarem agressões e serem expulsos. O time seguiu melhor no segundo tempo e ampliou o resultado num golaço de falta de Aránguiz, o primeiro do chileno pelo Inter. Zulu ainda descontaria aos 34, dando números finais ao placar.

Jogadores do Inter comemoram gol na vitória sobre o Juventude pelo Campeonato Gaúcho
Futura Press
Jogadores do Inter comemoram gol na vitória sobre o Juventude pelo Campeonato Gaúcho

Com a vitória, o Inter segue líder absoluto do Grupo A do Gauchão, com 25 pontos, já praticamente classificado. No próximo domingo, a equipe visita o Veranópolis. Já o Juventude é o 6º colocado da chave, com apenas 9 pontos, e terá de buscar recuperação em casa contra o São José, no sábado.

O jogo

Antes do apagão que interrompeu o jogo durante o primeiro tempo, foi o Inter que dominou o jogo no Estádio do Vale. Fabrício, artilheiro do Gauchão, quase marcou aos 6 minutos, em cabeçada defendida pelo goleiro Fernando. Aos 8, o goleiro do Juventude espalmou uma falta batida por Aránguiz. Aos 19, Fernando ficou com a bola após cruzamento do chileno, em jogada iniciada por D’Alessandro.Aos 20 minutos, o Estádio do Vale ficou às escuras, devido a um problema no gerador de energia. Passados 46 minutos de paralisação, o jogo voltou em um ritmo muito abaixo do que vinha tendo antes de a luz cair. O Inter voltou a pressionar a partir dos 27. Aos 30, o gol: Otávio arrancou e achou Rafael Moura livre na entrada da área. O centroavante fintou a marcação e chutou sem chances para Fernando, marcando seu quarto gol no Gauchão.

O Juventude tentou partir para cima na busca do empate, ainda que sem chances claras, e o clima do jogo ficou ainda mais tenso do que já era no começo da partida. Aos 38, Diogo e Fabrício se agrediram e foram expulsos. Com isso, Otávio foi deslocado de sua função na articulação para ocupar a lateral esquerda do Inter.

A definição da vitória veio no começo do segundo tempo. Aos 7 minutos, Aránguiz bateu com perfeição falta sofrida por Rafael Moura e fez 2 a 0 para o Inter, um golaço. Só então a equipe de Caxias do Sul ameaçou: aos 9, Douglas quase marcou de cabeça - a bola raspou a trave. O Inter quase fez outro de falta aos 21, mas Fernando pegou a cobrança de D’Alessandro.

O Ju quase descontou aos 32, em falta bem batida por Julinho que Muriel espalmou. No entanto, na jogada seguinte, Fernando fez boa defesa em chute de fora da área de D’Alessandro. Aos 34, o time caxiense diminuiu: oportunista, Zulu apareceu livre após desvio em cobrança de escanteio e fez o gol. O Inter, então, baixou o ritmo e tratou de administrar sua vantagem nos minutos que restavam de jogo. Aos 44, Zulu até chegou a passar por Muriel, mas a bola correu demais e saiu pela linha de fundo.

FICHA TÉCNICA -  INTERNACIONAL 2 x 1 JUVENTUDE

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo
Data: 18 de fevereiro de 2014, terça-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Diego Almeida Real
Assistentes: José Eduardo Calza e Sedenir Martins
Cartões amarelos : Paulão e D’Alessandro (Internacional); Robinson, Leandro Melo, Fernando e Zulu (Juventude)
Cartões Vermelhos: Fabrício (Internacional); Diogo (Juventude)
Gols: INTERNACIONAL: Rafael Moura, aos 30 minutos do primeiro tempo; Aránguiz, aos 7 minutos do segundo tempo
JUVENTUDE: Zulu, aos 34 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Gilberto, Paulão, Ernando e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alan Patrick (Cláudio Winck), D’Alessandro e Otávio (João Afonso); Rafael Moura (Wellington Paulista)
Técnico: Abel Braga

JUVENTUDE: Fernando; Robinson, Rafael Pereira, Diogo e Julinho; Héverton, Leandro Melo (Jardel), Mika e Diogo Oliveira (Leandro Franco); Douglas (Ocanto) e Zulu
Técnico: Geraldo Delamore

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.