Atacante ainda não marcou e ainda cometeu um pênalti na derrota deste domingo, em Penápolis

Contratado por R$ 42 milhões, Leandro Damião já atuou em três partidas com a camisa do Santos, porém ainda não deixou sua marca. Desde sua entrada na equipe titular santista, a contratação mais cara do futebol brasileiro venceu dois jogos e perdeu um, justamente contra o Penapolense, quando acabou cometendo um pênalti, que resultou no primeiro gol do adversário.

Santos é goleado em Penápolis e perde a invencibilidade no Paulistão

Apesar de ainda não ter emplacado com a camisa do Peixe, o atacante segue com moral com o treinador santista, Oswaldo de Oliveira. "O Damião é o titular e vai continuar sendo", afirmou o comandante santista. Com isso, Gabriel, artilheiro da equipe na competição com quatro gols, mesmo muito pedido pelos torcedores na partida diante do Penapolense, continuará sendo opção no banco de reservas.

Leandro Damião passou em branco no Santos
THIAGO CALIL/Photopress/Gazeta Press
Leandro Damião passou em branco no Santos

Com apenas quatro gols sofridos em sete jogos, a equipe santista levou o mesmo número de gols em apenas uma partida e de quebra perdeu a invencibilidade e a melhor campanha do Campeonato Paulista. Apesar do fraco desempenho defensivo da sua equipe, Oswaldo evitou criticar os zagueiros do Alvinegro Praiano.

"Falhamos como não vínhamos falhando. As chances que normalmente aproveitamos, desta vez foi o adversário que aproveitou. Circunstâncias normais. Tivemos várias oportunidades e no segundo tempo eles chegaram três vezes e fizeram dois gols. Foram eficientes e estão de parabéns pela vitória", disse.

Oswaldo espera que o time aprenda com a derrota e volte a apresentar um bom futebol na próxima partida, diante do Atlético de Sorocaba, na Vila Belmiro. "Todos os jogos ensinam. É uma lição para quem precisava, um amadurecimento para quem precisava. E essa derrota restabelece nossa posição de trabalhar com tranquilidade. O grupo tem de ter essa consciência. Sempre que conseguimos as vitórias é pelo esforço e a capacidade de lutar dentro de campo", ressaltou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.