Na volta aos treinos após empate com a Portuguesa, jogadores do São Paulo fizeram atividades técnicas e físicas

Ao contrário do habitual em reapresentações, os jogadores titulares do São Paulo não se limitaram a trabalho regenerativo. No primeiro dia de trabalho após o empate com a Portuguesa, o técnico Muricy Ramalho já levou o grupo principal a campo para um trabalho com bola, na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda.

Falta de tempo impede troca entre Flu e São Paulo envolvendo Osvaldo e Wagner

Depois do aquecimento supervisionado pelo preparador físico José Mário Campeiz, o Zé Mário, o treinador dividiu o elenco para um treino de dois toques na bola, em campo reduzido. Em seguida, o grupo principal fechou a tarde com alongamento, enquanto os suplentes fizeram exercícios físicos.

O meia Paulo Henrique Ganso em treino do São Paulo nesta segunda-feira
SPFC/Divulgação
O meia Paulo Henrique Ganso em treino do São Paulo nesta segunda-feira

O próximo compromisso do São Paulo no Campeonato Paulista será apenas na quinta-feira, diante do São Bernardo, fora de casa. O empate no sábado derrubou o time para a segunda colocação do Grupo A da competição estadual, com 13 pontos.

Leia também: Cronograma à parte faz Alexandre Pato treinar no CT enquanto elenco folga

Para esta partida, Muricy não poderá contar com o volante Wellington, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em contrapartida, já terá o zagueiro Rodrigo Caio e o lateral esquerdo uruguaio Álvaro Pereira novamente. O primeiro, a propósito, deve ocupar a vaga no meio-campo, dando nova chance a Roger Carvalho na defesa.

Também estão de novo à disposição o zagueiro Lucas Silva, o meia Gabriel Boschila e o atacante Ewandro. O primeiro havia recebido férias após a Copa São Paulo de Futebol Júnior e estava a serviço da Seleção Brasileira sub-20. Os outros dois estavam fora pelo chamado do time nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.