Atacante entrou no segundo tempo do clássico diante do Corinthians e deu passe para o gol de Alan Kardec

Diogo durante o treino do Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Diogo durante o treino do Palmeiras

Diogo deixou o banco de reservas já na etapa complementar do clássico contra o Corinthians, mas o pouco tempo em campo não foi empecilho para o atacante ser decisivo em favor do Palmeiras . O jogador acertou um belo cruzamento para Alan Kardec, que testou firme para o fundo das redes e definiu o empate em 1 a 1. Mesmo com o lance, ele pede cautela com relação a um possível retorno ao time titular de Gilson Kleina.

"Tive a felicidade de entrar e, em pouco tempo, acertar o cruzamento. O Kardec também foi muito bem, veio de encontro com a bola e acertou uma cabeceada certeira. Vou continuar trabalhando da mesma forma, não sei pelo o que o Gilson vai optar, mas vou continuar trabalhando forte", garantiu o atacante do Palmeiras.

Dia de PM em clássico dura 9 horas e tem prevenção até de briga entre aliados

O time de melhor campanha neste Campeonato Paulista, com 20 pontos nos oito primeiros jogos, entra em campo nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), contra o Ituano, no Pacaembu. O confronto pode ser a oportunidade ideal para Diogo voltar a entrar em campo como titular, já que seu principal concorrente está suspenso da partida.

No clássico contra o Corinthians, Leandro tomou o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão nesta quarta-feira. Sendo assim, com a boa atuação que teve neste domingo, Diogo deve ser o escolhido para ganhar a vaga. O atacante, porém, prefere manter a calma, afirmando que vai seguir com o mesmo ritmo de trabalho mesmo diante de uma possível novidade.

Após gol no clássico, Kardec tenta controlar ansiedade por convocação na seleção

"Todos irão ter chances, até pelo calendário extenso, já que alguns vão ficar de fora por lesões ou cartões. Então todo mundo vai conseguir mostrar seu trabalho, seja por dez ou cinco minutos para aproveitar a chance. O Kleina ainda vai escolher quem vai entrar, ainda não sei, mas vou continuar trabalhando da mesma forma que eu venho trabalhando, pois quero aproveitar as oportunidades para ajudar o Palmeiras."

O jogador também mostrou disposição em reforçar também a defesa quando estiver sem a bola, na tentativa de um lugar entre os 11: "Depende muito da forma como o Gilson vai fazer para escalar a equipe. Se ele optar por isso, vou tentar ter o mesmo desempenho. Pela Portuguesa, eu já fazia isso, jogando pelas beiradas e ajudando os laterais. Não tenho problema para fazer essa função", explicou Diogo, confiante com a possibilidade de voltar a ser titular do Palmeiras nesta quarta-feira.

Após uma boa temporada com a camisa da Portuguesa em 2013, Diogo despertou o interesse da diretoria do Palmeiras, chegou como um dos reforços para o ano do centenário e até iniciou a temporada como titular. Gilson Kleina, no entanto, preferiu manter a base do ano passado e passou a escalar Leandro como titular na posição. Nesta quarta-feira, a briga pela vaga deve ganhar mais um capítulo.


* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.