Partida contra o Náutico foi confirmada para o próximo dia 27 pela Federação Pernambucana de Futebol

A nova data do clássico contra o  Náutico , confirmado para o próximo dia 27 pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), não agradou a diretoria do Sport . O principal argumento para justificar o desconforto é a partida de volta das quartas de final da Copa do Nordeste, contra o CSA, que será disputada dia 25, em Maceió.

O departamento jurídico do Sport recorrerá ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PE) para tentar reagendar a partida. Caso não obtenha êxito, estuda acionar o STJD ou, em último caso, a Justiça comum. "Estamos analisando a possibilidade de impetrar um mandado de garantia para que o Sport não seja prejudicado", disse o dirigente Arnaldo Barros.

O clássico contra o Náutico, válido pela primeira rodada do hexagonal final do Campeonato Pernambucano, foi adiado por causa de um imbróglio envolvendo a tabela da competição: prevista inicialmente para o dia 12 de fevereiro, a rodada inaugural foi alterada pela federação local, e o jogo, marcado em um primeiro momento para 9 de fevereiro (domingo), na Ilha do Retiro, foi transferido para segunda-feira, na Arena Pernambuco - o que foi rejeitado pela diretoria do Náutico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.