Equipe praiana ainda lidera grupo C, enquanto o time do interior agora está à frente do São Paulo no grupo A

O Santos não esteve nos melhores dos seus dias neste domingo, quando sofreu sua primeira derrota no Campeonato Paulista. Em partida válida pela oitava rodada do Estadual, disputada no estádio Tenente Carriço, em Penápolis, o Peixe perdeu para o Penapolense por 4 a 1. Guaru, de pênalti, Douglas Tanque, Alex Créu e Petros fizeram os gols dos anfitriões. Cícero, de cabeça, marcou para o Santos.

A equipe praiana viu as dificuldades aumentarem aos 23 minutos da segunda etapa, quando Gustavo Henrique deu um carrinho em Douglas Tanque no meio de campo, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Àquela altura, o placar já marcava 2 a 1 para o time da casa.

Arouca, do Santos, em jogo contra o Penapolense pelo Campeonato Paulista
CÉLIO MESSIAS/Gazeta Press
Arouca, do Santos, em jogo contra o Penapolense pelo Campeonato Paulista

Apesar da derrota, o Santos se mantém na liderança do Grupo C, com 19 pontos, mas perde a condição de melhor equipe do Paulista para o Palmeiras, agora o único time invicto da competição. Já o Penapolense subiu para 15 pontos e assumiu a liderança do Grupo A, deixando o São Paulo em segundo.

O Santos volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe o Atlético Sorocaba na Vila Belmiro. Para este compromisso, Oswaldo de Oliveira não contará com Gustavo Henrique e Alan Santos (este recebeu o terceiro cartão amarelo), que cumprirão suspensão. Já o Penapolense joga um dia antes, na quarta, quando enfrenta a Portuguesa no Tenente Carriço.

FICHA TÉCNICA
PENAPOLENSE 4 x 1 SANTOS

Local: Estádio Tenente Carriço, em Penápolis (SP)
Data: 16 de fevereiro de 2013 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho
Assistentes: Fausto Augusto Viana Moretti e Alex Ang Ribeiro

Cartão amarelo: Gustavo Henrique, Mena e Alan Santos (Santos)

Cartão vermelho: Gustavo Henrique (Santos) e Petros (Penapolense)

Gols:
PENAPOLENSE: Guaru, aos nove minutos do primeiro tempo, de pênalti, Douglas Tanque, aos seis do segundo tempo, Petros, aos 39 do segundo tempo e Alex Créu, aos 42 do segundo tempo
Santos: Cícero, aos 44 minutos do primeiro tempo

PENAPOLENSE: Samuel; Rodnei, Jaílton, Gualberto e Rodrigo Biro; Petros, Liel, Guaru (Fio) e Washington; Douglas Tanque (Neto) e Alexandro Créu (Lucas)
Técnico: Narciso

SANTOS: Aranha, Cicinho, Gustavo Henrique, Neto e Mena; Alan Santos, Arouca e Cícero; Geuvânio (Rildo), Thiago Ribeiro (Gabriel) e Leandro Damião (Stéfano Yuri)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.