Após três vitória seguidas, time de Campinas sofre segunda derrota consecutiva no campeonato

Silvinho tenta proteger a bola da marcação em ataque da Ponte Preta
HELIO SUENAGA / Gazeta Press
Silvinho tenta proteger a bola da marcação em ataque da Ponte Preta

O jejum do Atlético Sorocaba em 2014 teve fim na noite deste sábado, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Atuando em casa, no estádio Walter Ribeiro, o time sorocabano derrotou a Ponte Preta por 1 a 0 e conquistou a primeira vitória.

Por sua vez, a Ponte Preta teve o segundo insucesso consecutivo sob o comando do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, que acumulou três vitórias seguidas nos primeiros jogos à frente da Macaca. Na última quarta-feira, o time campineiro perdeu para o Ituano em casa.

O gol que garantiu os três pontos ao Sorocaba foi marcado aos 43 minutos do primeiro tempo. Marcinho arrancou do meio de campo e, de intermediária, acertou um lindo chute no ângulo direito de Daniel, que, adiantado, não conseguiu alcançar a bola.

Além da derrota, a Ponte voltará para Campinas como o único time que não conseguiu marcar gol contra o Sorocaba, equipe que detém a defesa mais vazada do Paulistão, com 17 gols sofridos.

Apesar do triunfo, o Atlético Sorocaba segue na lanterna do Grupo A, liderado pelo São Paulo. Já a Macaca permanece na terceira colocação do Grupo C - encabeçado pelo Santos -, com 12 pontos.

A Ponte Preta volta a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Linense no Moisés Lucarelli. Um dia depois, o Sorocaba visita o Santos na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO SOROCABA 1 X 0 PONTE PRETA

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP)
Data: 15 de fevereiro de 2014, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Adriano de Assis Miranda
Assistentes: Marco Antônio de Andrade Motta Júnior e Evandro de Melo Lima

Cartões amarelos: Deola, Coelho, Michel e Robson (Atlético Sorocaba); Júnio (Ponte Preta)

Gols
ATLÉTICO SOROCABA:
Marcinho, aos 43 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO SOROCABA: Deola; Fabinho Capixaba (Robson), Thiago Costa, Danilo e Matheus; Chaba (Coelho), Fernando, Marcinho (Ewerthon) e Douglas Packer; Michel e Danilo Alves.
Técnico: Roberto Cavalo

PONTE PRETA: Daniel; Júnio, César, Diego Sacoman e Magal; Alef (Bida), Bruno Silva e Adrianinho; Ademir (Antônio Flávio), Silvinho e Alemão (Rossi).
Técnico: Vadão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.