Novos contratados tiveram mais tranquilidade nos treinos depois de todas atenções serem voltadas para o atacante

Os primeiros passos e gols de Alexandre Pato nos treinos do São Paulo geram tanta expectativa - de mídia e da torcida - que pouco tem sido falado ao longo da semana sobre outros jogadores do elenco. Como Dorlan Pabon, por exemplo, que atua na mesma posição e fará neste sábado sua primeira atuação no Morumbi.

Até a chegada do ex-corintiano, o atacante colombiano vinha sendo cercado de grande expectativa. Contratado sem alarde pela diretoria, que foi buscá-lo no Valencia, o jogador de 26 anos tem como principal cartão de apresentação uma boa passagem pelo Atlético Nacional, time de seu país de origem. No mais, uma incógnita para a maioria. Para Rogério Ceni, inclusive.

"Acredito que não seja muito a dele. Não pôde aparecer, portanto. Mas vamos analisar com calma, jogo a jogo", disse o camisa 1, bem mais animado com outro reforço.

"Eu adoro o futebol do Souza. É um jogador alto (1,88m), de marcação, que encurta bem os espaços. Ele foi prejudicado um pouco por aquele cartão amarelo no começo do jogo, um cartão acidental. Aí teve que segurar um pouco o ímpeto de marcação. Mas não tinha jogado ainda na temporada. É um ótimo jogador", elogiou.

Assim como Pabon e Souza, o técnico Muricy Ramalho deverá promover a estreia de Roger Carvalho. O zagueiro tem a vantagem de estar no clube desde agosto - ele passou todo o segundo semestre de 2012 em recuperação antes de assinar contrato -, porém não fez nenhuma partida sequer ainda. Sua ansiedade, portanto, é ainda maior do que a dos recém-chegados.

Sem Rodrigo Caio e Álvaro Pereira, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo, a escalação ensaiada pelo técnico Muricy Ramalho, na quinta-feira, teve Rogério Ceni; Luis Ricardo, Roger Carvalho, Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, Souza e Ganso; Ademilson, Pabon e Luis Fabiano.

O duelo no Morumbi, único palco em que o São Paulo venceu nesta temporada (quatro triunfos em quatro jogos), será às 21 horas (de Brasília) deste sábado. Roger Carvalho e Pabon já conhecem os vestiários do estádio por terem acompanhado a delegação em outras partidas. Se quiser, Pato, que só poderá estrear na Copa do Brasil, também pode ter o primeiro gostinho da nova casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.