Com ingressos esgotados, Corinthians x Palmeiras volta após um ano. Vasco baixa preços para lotar o Maracanã ante o Fla. Atlético-MG x Cruzeiro opõe os melhores do Brasil em 2013

Os campeonatos estaduais ainda não empolgaram o torcedor, o que fica evidente nas baixas médias de público de todas as competições. Se o que falta é um empurrão inicial, ele pode ser dado neste domingo, às 16h, quando acontecem três dos principais clássicos do Brasil: Corinthians x Palmeiras , pelo Paulistão, Atlético-MG x Cruzeiro , pelo Mineiro, e Vasco x Flamengo , pelo Carioca.

Leia mais: Clássicos já tiveram goleada de 6, pancadaria e herói surpresa

A rivalidade entre as equipes basta para atrair o torcedor, e cada clássico deve registrar o melhor público de seu respectivo campeonato. Mas há outros ingredientes que ajudam a apimentar os duelos e, enfim, tornar os campeonatos estaduais de 2014 algo digno de registro.

Relembre histórias dos clássicos que acontecem domingo:

Em São Paulo, o clássico da saudade


No Paulistão, com média de 4.367 torcedores por jogo, a melhor entre todos os estaduais do Brasil, o dérbi marca o reencontro de Corinthians e Palmeiras após um ano. Com a equipe alviverde na Série B em 2013, o único duelo do ano passado aconteceu no dia 17 de fevereiro, um empate por 2 a 2. De lá para cá, muita coisa mudou.

Veja também: Rivais se unem e cobram punição aos vândalos

O título da Série B de 2013 devolveu o Palmeiras à elite nacional e motivou uma reformulação bem sucedida no elenco. Com 19 pontos, o time alviverde divide a melhor campanha do Paulistão com o Santos e tem no currículo uma vitória incontestável em clássico, 2 a 0 no São Paulo. O Corinthians, que também vive processo de transição, ainda não se adaptou à nova realidade e está em 16º lugar, apenas uma posição acima da zona de rebaixamento.

“Clássico é vontade. A gente pede o apoio da torcida, principalmente em um momento difícil como o que vivemos”, disse o meia Renato Augusto, principal novidade do Corinthians para enfrentar o arquirrival. “Todos falam em Palmeiras x Corinthians. Gera aquela ansiedade gostosa, friozinho na barriga para a partida chegar logo, estádio cheio, torcidas apoiando... Tenho certeza de que será uma partida fantástica”, concordou o palmeirense Alan Kardec.

Se em campo a expectativa é por um jogo tenso, que confrontará a boa fase palmeirense e a má fase corintiana, fora do gramado é uma certeza: arquibancadas cheias. Os ingressos já estão esgotados, e os 24 mil torcedores esperados no duelo registrarão o melhor público do campeonato até aqui. Para se ter ideia, o Corinthians tem média de 11.182 torcedores por jogo, sendo que o melhor número foi registrado diante do São Bernardo, 12.665.

Em Minas, os melhores do Brasil


Cruzeiro: derrota no Peru valoriza clássico
Karel Navarro/AP
Cruzeiro: derrota no Peru valoriza clássico

De um lado, o último campeão da Libertadores. Do outro, o atual campeão brasileiro. Atlético-MG x Cruzeiro é o clássico dos melhores times do Brasil em 2013, e a necessidade de vitória de ambos deve levar os dois treinadores a escalar os titulares no domingo. Até porque atleticanos e cruzeirenses ainda não convenceram em 2014.

O Cruzeiro faz boa campanha e lidera o Campeonato Mineiro com 10 pontos em 12 disputados, mas vem de derrota para o Real Garcilaso na Libertadores. O Atlético-MG faz o inverso: venceu o único jogo que disputou na competição continental, mas no estadual soma apenas 4 pontos em 4 partidas.

Entre os torcedores, quem sai na frente no duelo de domingo é o do Atlético-MG, uma vez que o time tem o mando de campo e atuará no Independência. A capacidade de 23 mil lugares está muito aquém do Mineirão, que comporta mais de 62 mil pessoas. Mas a casa adotada pelos atleticanos deve encher no domingo, ajudando a melhorar um pouco a média de público do estadual de Minas, que é de 2.812 pessoas.

No Rio, inversão de papéis


Vasco: único invicto pega o Fla no estadual
Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
Vasco: único invicto pega o Fla no estadual

O Vasco terminou 2013 aos prantos, sem nenhum título e rebaixado para a Série B do Brasileirão. Já o Flamengo era só alegria, campeão da Copa do Brasil e garantido na Libertadores. Pois neste domingo a situação será diferente. Embora ocupe apenas a terceira posição, o Vasco é o único invicto do estadual e já venceu um clássico, 1 a 0 no Botafogo. O Fla, embora esteja uma posição à frente na tabela, vem de duas derrotas: 3 a 0 para o Flu, no estadual, e 2 a 1 para o León, na Libertadores.

O melhor público do Carioca até agora sequer foi registrado em um clássico. O jogo entre Fluminense e Bonsucesso levou 18.122 torcedores ao Maracanã, pouco mais que os 18.109 que foram ao mesmo estádio assistir ao Fla-Flu. O Vasco tem como melhor marca o clássico contra o Botafogo, com 13.083 pessoas também no Maracanã.

Disposto a encher o estádio, mesmo que a renda seja prejudicada, o Vasco tabelou o ingresso mais barato em R$ 80 (R$ 40 a meia entrada). O Fla-Flu, que cobrou R$ 100 pelo ingresso mais em conta, foi uma decepção de público e serviu de lição para os vascaínos.

Confira os estaduais com melhor média de público em 2014:


1º) Campeonato Paulista – 4.367
2º) Campeonato Pernambucano – 4.339
3º) Campeonato Catarinense – 3.207
4º) Campeonato Paranaense – 2.828
5º) Campeonato Mineiro – 2.812
6º) Campeonato Goiano – 2.299
7º) Campeonato Carioca – 2.162
8º) Campeonato Gaúcho – 1.807
9º) Campeonato Potiguar – 1.413
10º) Campeonato Paraibano – 1.369
11º) Campeonato Cearense – 1.284
12º) Campeonato Baiano – 1.203


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.