Geuvânio disse que pai era fã do ex-jogador santista e quis homenageá-lo. O funcionário do cartório, no entanto, errou ao registrar o nome

Geuvânio foi destaque do Santos na vitória por 2 a 0 contra o Comercial
Divulgação/Santos FC
Geuvânio foi destaque do Santos na vitória por 2 a 0 contra o Comercial

Com passagem marcante pelo time do Santos, o ex-jogador Giovanni serviu de inspiração para o pai do atacante Geuvânio, um dos destaques da atual equipe neste Campeonato Paulista e autor dos dois gols da vitória diante do Comercial por 2 a 0, na noite da última terça-feira, na Vila Belmiro.

O mais novo "xodó" da torcida explicou a origem do nome. "Meu pai era fã do Giovanni, que jogou no Santos, e meu nome seria como o dele, mas aí o cara lá do cartório errou (risos)", disse o atual dez santista, mesmo número que ídolo do Santos, Giovanni usava nas suas passagens anteriores pelo clube.

Desde que assumiu a número dez do Santos, Geuvânio vem crescendo pelo Peixe, assim como o time santista. O atacante já anotou três gols neste Campeonato Paulista e efetuou algumas assistências. Titular absoluto, o jovem tem deixado o novo contratado Rildo, que veio por empréstimo da Ponte Preta, como opção no banco de reservas.

Geuvânio, sergipano de Ilha das Flores, espera repetir o mesmo futebol que Giovanni, quando atuou pelo Santos. O ex-número 10 santista teve uma passagem marcante entre 1994 e 1996, conquistando um vice-campeonato brasileiro de 1995. Depois, o ídolo santista retornou ao clube em mais duas oportunidades, 2005/2006 e 2010, quando foi campeão paulista e acabou encerrando sua carreira como atleta profissional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.