Clube alega que tentou acesso aos contratos de forma amigável, mas não conseguiu

O Santos Futebol Clube anunciou nesta terça-feira, por meio de nota, que acionou a Justiça para a obtenção dos contratos e documentos entre NN Consultoria Esportiva e Barcelona referentes à venda do atacante Neymar ao clube catalão.

O Santos alega que tentou, de maneira amigável, ter acesso aos papeis com os números do negócio entre as empresas do pai de Neymar e o Barça, sem sucesso. Assim, nesta segunda-feira, entrou com pedido de liminar contra os empreendimentos que administram a carreira do jogador.

A intenção é analisar os documentos que comprovam o pagamento para entender os motivos que levaram o Barcelona a pagar as empresas sem a participação do clube brasileiro.

O Barcelona admitiu ter pago 40 milhões de euros (cerca de 129 milhões de reais) às empresas de Neymar pai, sendo que o Santos afirma ter recebido 17,1 milhões de euros (cerca de 55 milhões de reais) do clube espanhol.

Confira a nota na íntegra:

O Santos FC, após esgotadas as tentativas de obtenção amigável de contratos e documentos firmados entre NN Consultoria Esportiva e ou Neymar Sports Marketing com o Barcelona FC referentes a transferência do ídolo Neymar para o Clube Catalão, tentativas essas que infelizmente não lograram êxito, distribuiu na tarde da segunda-feira, dia 10, no Fórum de Santos, medida judicial com pedido de liminar contra as citadas empresas. A ação busca obter tais documentos para permitir que sejam analisados, a fim de que o Clube tenha conhecimento das razões que justificam o recebimento de importâncias por tais empresas acima citadas sem a participação do Santos FC e dos demais detentores dos direitos econômicos do atleta Neymar Jr.


* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.