Apesar da 5ª vitória em seis jogos e da melhor campanha no Paulistão, treinador ainda busca padrão para o time

O placar positivo por 2 a 0 não fez o técnico Oswaldo de Oliveira se iludir com o desempenho do Santos , na noite desta terça-feira. O treinador constatou uma oscilação de sua equipe na vitória sobre o Comercial, na Vila Belmiro, mas considera isso normal no começo da temporada.

Com dois de Geuvânio, Santos bate Comercial e assume melhor campanha

"Não conseguimos ainda ter um padrão definitivo, pois é muito comum ter oscilação no início. A cada jogo que se passa, os outros estão nos observando e nós também olhamos os adversários. Eles criam anticorpos para se defender contra nós. O Comercial fez isso muito bem. Quando teve o placar favorável, nossa equipe não brigou tanto para buscar o terceiro gol", afirmou.

O Santos definiu a vitória ainda no primeiro tempo, com dois gols de Geuvânio. Porém, Oswaldo entende que seu time ainda está em uma fase preliminar de consolidação, encontrando dificuldades com o sistema defensivo do Comercial."A equipe já brilhou mais em outras partidas aqui, onde tem o clima e o gramado que favorecem para jogarmos com mais velocidade e posse de bola. Mas esperávamos isso hoje (terça), porque o Comercial trocou o treinador. Eu sabia que não iriam se atirar para cima do Santos", comentou.

Leia também: Damião nega pressão por seleção, mas lamenta gol desperdiçado

Na opinião do santista, a entrada de Vagner Benazzi na vaga de Toninho Cecílio fez o time de Ribeirão Preto adotar um estilo mais cauteloso na Vila. Mesmo assim, o Peixe assumiu a liderança geral do Campeonato Paulista, com 19 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.