Tamanho do texto

"Já tive cobrança dos familiares corintianos. Eu também sou", disse Bruno Henrique, que promete raça à torcida

Bruno Henrique, novo volante do Corinthians, foi apresentado nesta terça-feira (11/02)
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Bruno Henrique, novo volante do Corinthians, foi apresentado nesta terça-feira (11/02)

Bruno Henrique aceitou a proposta do Corinthians no início de janeiro, mas só foi apresentado nesta terça-feira. A negociação com o Londrina travou porque o clube paulista não conseguia oferecer garantias de pagamento. O jogador, ansioso, teve que esperar além da conta para realizar um velho sonho.

"Até que enfim", comemorou Bruno Henrique, que se diz corintiano e consciente da responsabilidade de jogar no clube. "Já tive cobrança até dos meus familiares, que são corintianos. Eu também sou, tem muito corintiano no norte do Paraná. Espero corresponder com muita vontade e muita raça".

Leia mais: Jadson faz primeiro treino, e Guilherme sai após pancada

Como a negociaçao se arrastou, o jogador contou com a ajuda do empresário para controlar a ansiedade. Pelas dificuldades financeiras, em vez de comprar 50% dos direitos econômicos do atleta, o Corinthians levou 25% por R$ 750 mil, contando com o Banco BMG, que comprou outra fatia de 25% pelo mesmo valor. A metade restante ainda é do Londrina.

Bruno Henrique começa a treinar com o elenco do Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Bruno Henrique começa a treinar com o elenco do Corinthians

A questão ficou para trás, e o volante só quer jogar. Minutos antes de ser apresentado pelo diretor Ronaldo Ximenes, ele fez o seu primeiro treino com o restante do grupo. Na atividade, o titular de sua posição, Guilherme, sofreu uma pancada no tornozelo esquerdo.

"Infelizmente, aconteceu. Espero que não seja nada grave com ele. Vou trabalhar forte para ajudar o Corinthians, mas tomara que fique tudo bem com ele. Vim aqui para brigar pelo espaço, mas não tenho pressa. Vou respeitar o Guilherme", comentou Bruno Henrique.

Seja como for, o reforço de 24 anos se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras no clássico do próximo domingo. "Fisicamente, estou bem. Estava treinando no Londrina, já fiquei uma semana trabalhando a parte física aqui. Se tiver oportunidade no final de semana, vou estar bem preparado."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.