Cruzeiro enfrenta o Real Garcilaso, na altitude de Huancayo, nesta quarta, em sua estreia na Libertadores

O Cruzeiro já está no Peru, onde enfrenta o Real Garcilaso, na altitude de Huancayo, nesta quarta-feira, em sua estreia na Libertadores. Para este jogo, o técnico Marcelo Oliveira ainda tem uma dúvida para definir o ataque cruzeirense. Borges está no departamento médico, com isso, a vaga no ataque celeste fica em aberto.

O boliviano Marcelo Moreno seria o substituto natural, mas o atleta ainda não tem as condições físicas ideais, mas pode ajudar o clube com a experiência internacional e com a altitude, comum para o jogador que está habituado a atuar na altitude da Bolívia.

"Já conversei com alguns jogadores. E neste tempo que teremos na cidade, vamos tentar falar um pouco mais. Com a experiência que tenho em jogar na altitude, posso passar algumas dicas para eles", disse Marcelo Moreno, que ainda não sabe que se começa o jogo contra os peruanos.

"Ainda não sei se vou para o jogo. A decisão é do Marcelo Oliveira, mas espero ajudar o Cruzeiro", comentou o atacante, que tem como concorrente para o ataque Willian e Júlio Baptista, neste caso, Ricardo Goulart seria adiantado para atuar ao lado de Dagoberto e Júlio Baptista jogaria no meio-campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.