Depois de ter ida frustrada para o Arsenal, meia foi integrado ao elenco profissional e participou do treino. Santos, pela primeira vez no ano, deve repetir a escalação

A manhã desta segunda-feira foi de reintegração no CT Rei Pelé, em Santos. O meia Geovane, de 22 anos, foi integrado ao time profissional alvinegro e será mais uma opção para o treinador Oswaldo de Oliveira, em 2014. O meio-campista atuou ao lado de Neymar na base santista, porém havia entrado em litígio com diretoria, após negociações com o Arsenal, da Inglaterra, em 2009.

Geovane agora faz parte do elenco profissional do Santos
Divulgação
Geovane agora faz parte do elenco profissional do Santos

"A expectativa é a melhor possível. Finalmente tenho a oportunidade de mostrar meu trabalho. Agora é conquistar a confiança do professor Oswaldo", disse o atacante, que por enquanto só corre ao redor do gramado. Geovane se recupera de uma lesão no ombro e ainda não tem data para voltar aos treinos com bola.

"Parça" de Neymar e cria santista, Geovane chegou ao clube com apenas 14 anos. Na base alvinegra, ele era apontado como um jogador promissor e um dos melhores da geração Neymar e companhia. No entanto, sua transferência para o Arsenal, após uma longa disputa judicial atrapalhou os seus planos na Vila Belmiro e desde sua volta acabou sendo "fritado" pela cúpula alvinegra.

Sem conseguir jogar pelo Arsenal, em virtude das extensas batalhas judiciais, Geovane acabou voltando para o Brasil e renovando seu contrato até novembro de 2014 com o Santos. Com pouco tempo para mostrar serviço, o meia espera recuperar o tempo perdido e voltar a jogar o futebol que o caracterizava na base.

Em treino, Oswaldo esboça manter o mesmo time

Durante o treino, Oswaldo de Oliveira colocou em campo os 11 iniciais da vitória contra o Linense por 2 a 1. Arouca, que saiu machucado, treinou, e com isso, pela primeira vez no ano, o Santos poderá ter o mesmo time titular.

Durante a atividade, Oswaldo utilizou a maior parte do tempo para treinar cruzamentos, tanto defensivamente, como ofensivamente. O trabalho de bola área foi treinado exaustivamente pelo comandante alvinegro, que no seu estilo gritava e parava a atividade por diversas vezes.

Em seguida, os jogadores participaram de um treino coletivo, entre titulares e reservas. Destaque para Arouca, que deu indícios que não está machucado e também para Lucas Lima, novo contratado que treinou entre os suplentes. Outro atleta que voltou a treinar com bola foi o meia Serginho, que desde o título da Copa São Paulo de Juniores se recuperava de uma lesão no ombro.

Assim como nos últimos treinos, o zagueiro Vinicius Simon e os volantes Anderson Carvalho e Alisson continuam se recuperando de contusões e só realizam um trabalho à parte no gramado, com leves corridas e treinos com cones e barras.

O Santos deverá entrar em campo com: Aranha, Cicinho, Neto, Gustavo Henrique e Mena; Arouca, Alan Santos e Cícero; Thiago Ribeiro, Geuvânio e Leandro Damião.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.