Após 90 minutos de jogo brigado, Ernando marcou aos 47 minutos do segundo tempo e garantiu a vitória

O Internacional manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Gaúcho. Com um gol de Ernando aos 46 do segundo tempo, o time bateu o Pelotas por 1 a 0 e chegou à sexta vitória em seis jogos no estadual.

Com gol nos acréscimos, Inter venceu o Pelotas pelo Campeonato Gaúcho
Divulgação/Internacional
Com gol nos acréscimos, Inter venceu o Pelotas pelo Campeonato Gaúcho

Com quatro jogadores do time sub 23, os reservas do Inter tiveram bastante trabalho em um primeiro tempo equilibrado, mas no qual as melhores chances foram do Pelotas. Na etapa final, ao contrário, foi o Colorado que criou as oportunidades mais claras para obter a vitória.

O Inter segue líder folgado do Grupo A do Gauchão, com 18 pontos, enquanto o Pelotas é o penúltimo do Grupo B, com 4 pontos. No final de semana, ambos encaram seus arquirrivais, nos clássicos Gre-Nal e Bra-Pel, que ocorrerão na Arena do Grêmio e na Boca do Lobo, respectivamente.

O jogo

Sem Eduardo Sasha, com uma virose, o técnico Abel Braga apostou em Aylon no ataque ao lado de Wellington Paulista. Além, outros três jogadores da equipe sub-23 reforçaram os reservas do Inter na Boca do Lobo: os laterais Cláudio Winck e Raphinha e o volante Gladestony.

A primeira etapa foi movimentada e equilibrada. Logo a um minuto, Índio quase marcou de cabeça em cruzamento de Gladestony, mas a bola bateu na zaga. Aos 11, Otávio aproveitou erro da zaga do Pelotas, mas demorou demais e não conseguiu a conclusão. O time da casa começou a se impor aos 22, em chute cruzado perigoso de Lucas. Aos 24, Pedrão quase marcou de cabeça após escanteio. Dois minutos depois, Agenor fez duas grandes defesas em sequência, impedindo o gol do time da casa.

Passada a pressão, o Inter se tranquilizou e retomou o controle do jogo. Aos 32, Aylon deu bom passe para Augusto, que acertou a rede pelo lado de fora. Aos 38, foi Aylon quem recebeu passe na área, desta vez de Wellington Paulista, mas Paulo Sérgio pegou. Nos descontos, foi o Pelotas que quase abriu o placar: Jefferson bateu falta com perigo e quase marcou um golaço.

Na largada do segundo tempo, Paulo Sérgio salvou o Pelotas após chute à queima-roupa de Wellington Paulista. O Pelotas exerceu dominação territorial nos minutos seguintes, mas o Inter chegava com mais perigo. Aos 15, Cláudio Winck quase marcou: soltou uma bomba de fora da área que passou muito perto. Ainda melhor, o Colorado quase marcou aos 30, quando Paulo Sérgio fez duas defesas em chutes de Caio e Augusto.

O Pelotas esboçou uma pressão nos minutos finais, mas não conseguiu ter chances claras. Aos 46, o gol colorado: após falha da defesa do Pelotas em cobrança de escanteio, Ernando aproveitou e marcou o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA - PELOTAS 0 x 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio Boca do Lobo, Pelotas (RS)
Data: 5 de fevereiro de 2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Coruja
Assistentes: João Lúcio de Souza Júnior e Élio Andrade Júnior
Cartão amarelo: Pedrão (Pelotas); Cláudio Winck, João Afonso e Índio (Internacional)

Gol:
INTERNACIONAL: Ernando, aos 46 minutos do segundo tempo

PELOTAS: Paulo Sérgio; Pedrão, Lucas Bahia, Fred e Felipe Guedes; Carlos Alberto (César Santiago), Alex (Wagner Libano), Digão e Jefferson (Matheus); Lucas e Rafael Santiago
Técnico: Paulo Porto

INTERNACIONAL: Agenor; Cláudio Winck, Índio, Ernando e Raphinha; Augusto (Valdívia), João Afonso, Gladestony e Otávio (Murilo); Aylon (Caio) e Wellington Paulista
Técnico: Abel Braga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.