Gol nos minutos finais faz time do ABC paulista chegar a três jogos sem balançar as redes no Estadual

Antes do duelo entre Penapolense e São Bernardo, nesta quinta-feira, a equipe do ABC falava em manter a consistência que fez dela a melhor defesa nas primeiras cinco rodadas do Campeonato Paulista para sair com a vitória. Com dois jogadores a menos, o Bernô chegou perto de sair do Estádio Municipal Tenente Carriço com um ponto na bagagem, mas acabou sofrendo um gol nos minutos finais e aumentou para três o número de partidas sem marcar ou vencer no estadual.

O tento salvador dos donos da casa foi anotado por Douglas Tanque, aos 41 minutos do segundo tempo. O jogador foi aposta do técnico Narciso na volta do intervalo, quando o Penapolense já tinha um atleta a mais em campo - Daniel Pereira foi expulso aos 30 minutos de jogo. Fernando Lombardi, aos 20 da etapa final, também recebeu o vermelho e aumentou a vantagem numérica da equipe de Penápolis.

Com o resultado, o time vai a nove pontos e assume a vice-liderança do Grupo A, três atrás do São Paulo e um acima do Linense. Já o Bernô segue em segundo no Grupo C, com dez, mas vê a Ponte Preta diminuir a diferença para apenas um ponto, mesmo com um jogo a menos.

Na próxima rodada, o São Bernardo volta ao estádio Primeiro de Maio para tentar encerrar a série negativa contra o desesperado Atlético Sorocaba, que ainda não venceu no Paulistão. Já o Penapolense vai a Jundiaí encarar o Paulista, outra única equipe que ainda não comemorou no estadual.

FICHA TÉCNICA -  PENAPOLENSE 1 X 0 SÃO BERNARDO
Local:
Estádio Municipal Tenente Carriço, em Penápolis (SP)
Data: 6 de fevereiro de 2014, quinta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Vanderlei Martinucho
Assistentes: Mauro André De Freitas e Samuel Augusto Vieira Paião
Cartões Amarelos: Rodnei (Penapolense); Careca, Erick Flores, Wilson Júnior, Daniel Pereira, Luciano Castán e Dudu Lima (São Bernardo)
Cartões Vermelhos: Daniel Pereira e Fernando Lombardi (São Bernardo)

Gol:  Douglas Tanque, aos 41 do segundo tempo

PENAPOLENSE: Samuel Pires; Rodnei (Douglas Tanque), Jaílton, Gualberto e Samuel Balbino; Liel (Tiago Alves), Washington, Neto e Petrus; Alexandro e Fio (Edilson)
Técnico: Narciso

SÃO BERNARDO: Wilson Júnior; Rafael Cruz, Fernando Lombardi, Luciano Castán e Eduardo; Daniel Pereira, Bady, Dudu e Erick Flores (Willian Favoni); Márcio Diogo (Diego Jussani) e Careca (Magalhães)
Técnico: Edson Boaro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.