Jayme de Almeida vai poupar titulares visando o clássico do fim de semana e o torneio continental

O Flamengo volta a campo pelo Campeonato Carioca nesta quarta-feira, às 17 horas (de Brasília), quando enfrenta o Boavista em Moça Bonita, estádio do Bangu, no Rio de Janeiro, em confronto válido pela sexta rodada. De olho no clássico com o Fluminense, no fim de semana, e na estreia na Copa Libertadores, no dia 12 de fevereiro contra o Léon, no México, o Fla vai atuar com uma formação de reservas. Mesmo assim, com 13 pontos, vai permanecer na liderança se ganhar, além de dar mais um significativo passo rumo à classificação.

Alecsandro estará em campo pelo Flamengo
Dhavid Normando/Futura Press
Alecsandro estará em campo pelo Flamengo

O Flamengo ganhou seus dois últimos jogos e vem de goleada de 5 a 2 sobre o Macaé. Mas em ambos os casos atuou com uma equipe considerada titular. Já o Boavista, que empatou por 3 a 3 com o Resende no fim de semana, tem nove pontos e almeja se aproximar do chamado G4.

Vídeo: Hernane sonha em defender a seleção brasileira na Copa do Mundo

Jayme de Almeida, técnico do Flamengo, acredita que o adversário vai enfrentar muitas dificuldades porque entende que o calor estará muito forte em Bangu, um dos bairros mais quentes da cidade.

"Com certeza é sempre um adversário a mais para as duas equipes e temos que estar preparados para lidarmos com essa situação. Trata-se de um jogo muito importante para a nossa classificação, pois somando mais três pontos vamos seguir como líderes e abriremos ainda mais vantagem em relação ao grupo que, como nós, luta por uma vaga nas semifinais", disse Jayme.

O treinador também demonstrou preocupação com o Boavista, qualificado como um time de qualidade. A equipe da Região dos Lagos já aprontou contra grandes neste Campeonato Carioca, logo na estreia, quando arrancou empate por 1 a 1 com o Vasco dentro de São Januário. O treinador entende que sua equipe terá sérios problemas pela frente.

"O Boavista não tem um time desqualificado e com certeza vai nos criar muitas dificuldades. É uma equipe que sabe tocar bem a bola e já fez bons jogos neste Campeonato Carioca. A partida se desenha muito complicada, como a maioria que temos encontrado neste início de temporada, ainda mais porque não estamos ainda com 100% das nossas condições. Porém, estamos conseguindo ter um bom desempenho mesmo assim e isso me deixa confiante na conquista de mais um resultado positivo", destacou Jayme.

O treinador não quis antecipar a escalação que vai mandar a campo, mas pelo esboço que se viu no treino de preparação, o meia argentino Lucas Mugni, contratado junto ao Colón de Santa Fé, da Argentina, deverá enfim estrear .

Pelo lado do Boavista, o técnico Américo Faria fez elogios ao Flamengo e minimizou o fato de o adversário preservar alguns jogadores considerados importantes.

"Independentemente da formação que o Flamengo mandar a campo vamos ter dificuldades, pois estamos falando de um clube com um elenco qualificado e que vai fazer um grande jogo. Será mais um jogo complicado para o Boavista, mas entendo que temos plenas condições de fazermos um bom trabalho e conseguirmos o resultado positivo. Respeitamos o Flamengo, mas conhecemos nosso potencial", declarou Américo, que deverá manter a formação que empatou com o Resende no fim de semana, já que não tem problemas de lesão ou suspensão.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA X FLAMENGO

Local: Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de fevereiro de 2014, quarta-feira
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)

BOAVISTA: Getúlio Vargas, Paulo Barrach, Gustavo, Bruno Costa e Romarinho; Rômulo, Pedroso, Thiago Silva e Cascata; André Luís e Romário
Técnico: Paulo Campos

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo, Chicão, González e João Paulo; Cáceres, Feijão, Gabriel e Lucas Mugni, Negueba e Alecsandro
Técnico: Jayme de Almeida

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.