Em boa fase, lateral pretende encerrar sua carreira no time do Palestra Itália, como Alessandro fez no Corinthians

Titular da lateral direita, Wendel falou que deseja se aposentar no Palmeiras
Miguel Schincariol/Getty Images
Titular da lateral direita, Wendel falou que deseja se aposentar no Palmeiras

Atleta do Palmeiras desde 2003 e parte do elenco principal desde 2006, Wendel jamais conseguiu se fixar entre os titulares e acabou passando por outros times do futebol nacional, como Santos, Goiás, Atlético-PR, Grêmio Barueri e Ponte Preta. Reintegrado ao plantel comandado pelo treinador Gilson Kleina no início do último ano, o atleta foi constantemente relacionado para jogos e teve seu contrato renovado no final de 2013. Titular na lateral direita no início desta temporada, o volante de origem celebrou a fase.

"Pela minha história e bom convívio que tenho no clube, era quase 100% de certeza de que eu permaneceria. O mais importante é que as coisas deram certo para eu ficar. Jamais desanimei, seja atuando como titular ou reserva, ou até mesmo não sendo relacionado. Pretendo melhorar a cada jogo e aumentar o nível de meu desempenho", afirmou o jogador, que deu assistência para Valdivia na goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Sorocaba, no último domingo.

Com contratado garantido até o final deste ano, Wendel já projeta aposentadoria no Palmeiras. Aos 32 anos, o atleta soma 174 partidas pelo clube alviverde e conquistou os troféus do Campeonato Brasileiro da Série B (2003 e 2013) e Campeonato Paulista (2008).

Em busca de garantir sequência no time comandado por Gilson Kleina, Wendel tem o ex-lateral direito Alessandro, titular do Corinthians entre 2008 e 2013, como uma de suas principais referências. Após passar sem sucesso pelo Palmeiras em 2003, Alessandro atingiu seu auge na equipe alvinegra, conquistando oito troféus, incluindo Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Mundial de Clubes.

"Estou muito feliz só por estar aqui neste ano. Tomara que eu possa renovar no final desta temporada e me aposentar aqui, assim como aconteceu com o Alessandro no Corinthians. Continuarei trabalhando diariamente e deixarei a decisão na mão de Deus", encerrou o lateral direito.

Inspiração em Solange Frazão

Aos 32 anos, Wendel tem o preparo físico como uma de suas principais características e preocupações para manter sequência entre os titulares do Palmeiras. E nesta sexta-feira o atleta revelou curiosidade sobre um exercício diferenciado de abdominal que realiza.

"Eu faço umas pesquisas em internet e revistas. Monotonia é uma coisa ruim na vida. Esse movimento eu aprendi na televisão, os outros jogadores até brincaram comigo quando falei que vi esse abdominal no programa da Solange Frazão. É um trabalho legal, diferente. Sempre peço aos preparadores para passar umas coisas diferentes. É meio que um estilo soldado, gosto de fazer a parte de fortalecimento", afirmou o jogador, citando a conhecida personal trainer.

"Um dia eu falei para os companheiros que estava com um movimento diferente. Os caras começaram a brincar, perguntaram se eu vi no Google. Quando eu falei onde assisti, começaram a dar risada. Mas os caras já fizeram esse exercício, e não é fácil não", encerrou o lateral direito, que não conteve as risadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.