Brasileiro foi demitido pelo clube "por não alcançar os resultados nos jogos". Ele comandou o time 20 vezes, ganhou oito, empatou sete e perdeu cinco

Zico foi demitido do Al Gharafa
Getty Images
Zico foi demitido do Al Gharafa

A experiência de Zico no Catar teve fim nesta quarta-feira. Menos de seis meses depois de firmar contrato com o técnico brasileiro, o Al Gharafa anunciou a demissão do eterno ídolo da torcida do Flamengo.

"Apesar do grande esforço do técnico brasileiro, os resultados não apareceram em muitos jogos. Mesmo assim, Zico nunca deixou de tentar o melhor. Desejamos ao Zico sucesso em sua nova fase como treinador", disse Jassim Al Mansouri, dirigente do clube catari.

No dia 5 de agosto de 2013, o Zico assinou contrato válido por dois anos com o Al Gharafa. Ele deixa o comando da equipe após 20 partidas (sendo oito vitórias, sete empates e cinco derrotas). Em seu lugar, assumirá o auxiliar tunisiano Habib Sadiq.

O Al Gharafa foi o oitavo clube trabalho de Zico como treinador. Antes, o Galinho comandou Kashima Antlers (Japão), CFZ, seleção japonesa, Fenerbahçe (Turquia), Bunyodkor (Uzbequistão), CSKA (Rússia), Olympiacos (Grécia) e seleção iraquiana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.