Viagem da delegação ocorrerá na sexta-feira, dia seguinte à partida contra o Penapolense

Palmeiras, de Valdivia, venceu as três primeiras partidas do Paulistão
Helio Suenaga/Gazeta Press
Palmeiras, de Valdivia, venceu as três primeiras partidas do Paulistão

Sem participar de um clássico desde 27 de abril, quando foi eliminado do Paulista do ano passado pelo Santos, o Palmeiras terá uma preparação especial para seu primeiro confronto contra um arquirrival em 2014. O clube ficará em Atibaia a partir de sexta-feira antes de enfrentar o São Paulo no domingo, no Pacaembu.

A preparação foi publicada no site do Palmeiras nesta noite, com dois treinamentos na cidade localizada a cerca de 70 km, na tarde de sexta-feira, aberto à imprensa, e na manhã de sábado, última atividade antes do Choque-Rei e que não poderá ser acompanhada pelos jornalistas.

A viagem da delegação ocorrerá na sexta-feira, dia seguinte à partida contra o Penapolense, no Pacaembu. Embora Gilson Kleina e seus comandados contenham as palavras para mostrar respeito ao próximo adversário, o clássico gera preocupação a ponto de ser cogitado que alguns dos principais nomes sejam poupados.

Um dos líderes do elenco, Fernando Prass ressalta a importância do jogo independentemente do tempo que o clube está sem enfrentar um arquirrival regional. "Se tivesse clássico na semana passada e outro nesta semana, a expectativa muito grande do mesmo jeito, principalmente pelo que gera na torcida e na cidade", disse o goleiro.

"Clássico gera uma expectativa diferente de outro jogo. A nossa expectativa é muito grande até porque queremos fazer uma grande Paulista e são concorrentes diretos, que com certeza vão estar nas finais. É importante terminar com mais pontos do que eles para ter vantagem na fase final", prosseguiu o veterano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.