Tamanho do texto

Segundo jornal espanhol, clube inglês estaria disposto a pagar a multa rescisória de cerca de R$ 125 milhões

José Mourinho, técnico do Chelsea
Kirsty Wigglesworth/AP
José Mourinho, técnico do Chelsea

Após ver a imprensa espanhola especular as negociações envolvendo Diego Costa, atacante do Atlético de Madrid, e o Chelsea, o comandante José Mourinho fez questão de despitar o acordo. O treinador ressaltou que não pode se manifestar sobre o caso e afirmou contar com o goleiro Courtois, um dos possíveis envolvidos na vinda do brasileiro para Londres.

"Courtois é nosso jogador. Eu não posso dizer nada sobre Diego Costa", ressaltou o técnico português, que também declarou não pensar em reforços de peso para a temporada: "A menos que um negócio surpreendente aconteça com um de nossos jogadores, e, então, tenhamos de reagir. Eu não acredito que o Chelsea vai contratar mais alguém", enfatizou.

Até o momento, a única contratação do Chelsea foi o meia egípcio Salah, que estava no Basel, da Bélgica. O jogador foi a resposta encontrada pelo clube londrino para suprir a saída de Juan Mata, novo reforço do Manchester United.

No domingo passado, o canal espanhol La Sexta informou que Diego Costa possui um acordo verbal com o Chelsea, dispostos a pagar a multa rescisória do brasileiro, no valor de 38 milhões de euros (cerca de R$ 125 milhões).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.