Tamanho do texto

Time alviverde não vence há três rodadas e novo resultado negativo pode agravar crise. Paraná busca reabilitação após derrota na última rodada e crítica da torcida

Coritiba e Paraná no ano passado. Neste domingo, equipes se enfrentam pela primeira vez na temporada
Heuler Andrey /Gazeta Press
Coritiba e Paraná no ano passado. Neste domingo, equipes se enfrentam pela primeira vez na temporada

O primeiro clássico do Campeonato Paranaense 2014 colocará frente a frente Coritiba e Paraná, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Couto Pereira. Uma derrota pode abrir a primeira crise do ano dos clubes. De um lado, mesmo com um time B, o Alviverde passaria a ser questionado após três partidas sem vencer. Do outro, o Paraná que entrou na competição falando em título, poderia ficar para trás com o segundo revés seguido.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

No Alto da Glória, algumas mudanças podem ser promovidas pelo técnico Zé Carlos. A primeira delas é a entrada de Zé Rafael ou Anderson Costa no lugar de Maykon, vetado pelo departamento médico. No ataque, Raphael Lucas, que voltou a atuar após se recuperar de uma grave lesão, aprece como opção.

Porém, o treinador espera mesmo que o grande reforço venha das arquibancadas neste reencontro com o torcedor. "A torcida tem que confiar nesse time e comprar essa ideia, afinal isso é uma evolução dentro do Coritiba. A equipe e cada atleta individualmente vai melhorar degrau por degrau e contamos com a nação coxa-branca no clássico. Peço que lembrem que é um time novo e por isso é preciso ter um pouco mais de paciência em certos momentos e acima de tudo confiar na equipe", afirmou.

O Paraná largou bem no Estadual, mas bastou uma derrota em casa para o Maringá para as dúvidas começarem a aparecer. O rodízio promovido pelo técnico Milton Mendes não agradou aos torcedores, que esperavam o time buscando ritmo e entrosamento com a mesma formação. A tendência é o retorno dos jogadores que atuaram na primeira rodada, mas ninguém está garantido.

O treinador continuará apostando na ideia de colocar em campo que estivem em melhores condições, agrade ou não. "Estamos trabalhando apenas há duas semanas e meia. Agora você não sente, mas ao longo do campeonato vão me dar razão. Fizemos um planejamento. Vamos entrar com o melhor que nós temos. Melhor não é o que faz mais gols, mas o que está melhor fisicamente. Vamos buscar o resultado", garantiu.

Outros jogos - A terceira rodada do Estadual terá ainda mais quatro partidas. Às 17 horas, o Toledo Colônia Work, uma das surpresas da competição, faz seu primeiro jogo em casa, diante do Londrina, o Estádio Municipal XIV de Dezembro. Já o Rio Branco tenta se recuperar contra o Prudentópolis, no Gigante do Itiberê, em Paranaguá. Ainda no mesmo horário, o lanterna Cianorte tenta somar seus primeiro pontos contra o Arapongas, no Estádio Albino Turbay.

Um pouco mais tarde, fechando a segunda rodada, às 19h30, o J.Malucelli, lutando pela liderança, tenta tomar a ponta do surpreendente Maringá, no Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X PARANÁ CLUBE

Local : Major Antônio Couto Periara, em Curitiba (PR)
Data : 26 de janeiro de 2014, domingo
Horário : 17 horas (de Brasília)
Árbitro : Felipe Gomes Da Silva
Assistentes : Bruno Boschilia e Jefferson Cleiton Piva da Silva

CORITIBA : Willian Menezes; Rhuan, Wallysson, Bonfim e Paulo Octávio; Artur, Djair , Zé Rafael (Anderson Costa) e Dudu; Denner (Raphael Lucas) e Keirrison
Técnico : Zé Carlos

PARANÁ CLUBE : Marcos; Toty, Junior Lopes, Alex Alves e Breno; Cambará, Ricardo Conceição e Lúcio Flávio; Júlio César (Fernando Gabriel), Carlinhose Luisinho (Paulo Roberto)
Técnico : Milton Mendes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.