Autor do primeiro gol do Santos na decisão do torneio, atacante se confundiu e comemorou perto dos rivais

Autor do primeiro gol do Santos na decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, neste sábado, no Pacaembu, o atacante Diego Cardoso por pouco não foi hostilizado pelos torcedores do Corinthians, que era maioria no estádio. Isso porque o santista ficou tão empolgado com a comemoração que nem percebeu que festejava perto dos rivais.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Diego Cardoso foi destaque do Santos na decisão da Copinha
Guilherme Dionízio/Gazeta Press
Diego Cardoso foi destaque do Santos na decisão da Copinha


"Fui comemorar lá (com a torcida do Corinthians) porque na hora ali você nem 'tchum'. Fiquei doido na hora, mas quase pegou chinelo, cuspe...Mas tudo isso faz parte", disse Cardoso após levantar a taça da competição.

Leia mais:  Campeões da Copinha, Diego Cardoso e Stéfano Yuri projetam chance com Oswald

Um dos melhores jogadores do Santos em campo, Diego Cardoso foi peça fundamental para o esquema tático do técnico Pepinho Macia. Além do poder ofensivo, o atacante ajudou a defesa com a marcação individual do lateral-direito corintiano Lucão.

"É uma felicidade fazer um gol em cima do Corinthians. Fiquei muito feliz, vibrei bastante, ainda mais porque foi na final, um gol decisivo. Agradeço a Deus. Quero aproveitar a oportunidade no profissional da melhor forma", completou o santista.

Com o título da Copa São Paulo, o técnico Oswaldo de Oliveira promete observar os talentos. Nesta segunda-feira, o time titular se reapresenta na Vila Belmiro para treinar junto com os profissionais e ser olhado de pertinho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.