Zagueiro fez sua estreia pelo Palmeiras na vitória desta quinta-feira sobre o Comercial por 2 a 0, pelo Paulistão

Lúcio estreou com a camisa do Palmeiras diante do Comercial
THIAGO CALIL/Photopress/Gazeta Press
Lúcio estreou com a camisa do Palmeiras diante do Comercial

Lúcio conseguiu conter sua ânsia em subir e só foi à frente em cobranças de bola parada na sua estreia pelo Palmeiras . Só não teve condições de segurar o sorriso. Em seu primeiro jogo desde 24 de julho, quando o São Paulo perdeu do Inter, o zagueiro participou sem sustos da vitória por 2 a 0 sobre o Comercial nesta quinta-feira.

"Fui bem recebido e me adaptei bem. Vou me soltando aos poucos, mas já fico feliz por voltar a jogar, isso é o mais importante", vibrou o defensor, que foi afastado do São Paulo enquanto a equipe do Morumbi lutava contra o rebaixamento no Brasileiro e terminou o ano impedido até de trabalhar nas dependências do clube.

No Palmeiras, a alegria ficou clara nos primeiros treinamentos e se estendeu em sua estreia. Diante do Comercial, Lúcio contou com a ajuda dos colegas no setor e mostrou boa movimentação principalmente no segundo tempo, quando o rival atacou demais. "A equipe teve um bom desempenho. Controlamos as dificuldades normais que tivemos e o mais importante foi a vitória", apontou.

O jogador de 35 anos falou com tranquilidade sobre atuar durante toda a partida. "Normalmente, treinamos para jogar 90 minutos. A equipe precisava e consegui manter bem a minha performance nos 90 minutos", celebrou o veterano, sem precisar em que nível fisco está.

"Foi o meu primeiro jogo, vamos nos conhecendo um pouco mais. Não dá para falar em porcentagem. O importante é fazer o papel bem feito com meus companheiros e sair de campo contente com a vitória como hoje (quinta-feira)", comemorou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.