Tamanho do texto

Nomes do volante Pio e do atacante Thiaguinho apareceram no BID apenas um dia depois da partida

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) acatou a denúncia feita pelo Sport  de irregularidade de dois atletas do Botafogo-PB em partida pela Copa do Nordeste, no último domingo. Os nomes do volante Pio e do atacante Thiaguinho apareceram no BID (Boletim Informativo Diário) da entidade apenas na segunda-feira, um dia depois da partida.

Leia mais: Náutico tenta pôr fim a tabu de quase dez antes contra o Sport

Em documento expedido na manhã desta quinta-feira, a Diretoria de Competições da CBF, atendendo a uma consulta da Diretoria de Registros e Transferências, declarou que "tudo leva a crer que efetivamente os referidos atletas atuaram de forma irregular no jogo, contrariando o que determina o Regulamento Específico da Copa do Nordeste 2014".

O Superior Tribunal de Justiça (STJD) já foi notificado do pedido do Sport, que requer a impugnação dos pontos do clube de João Pessoa. Se condenado, o Botafogo-PB será enquadrado no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) que prevê a perda do número máximo de pontos de uma partida (três), mais aqueles conquistados no confronto, à equipe que inclui ou faz constar na súmula atleta em situação irregular para participar do jogo.

Caso confirmada a punição, o Botafogo-PB perderia quatro pontos (três mais o conquistado no empate diante do Sport). O Tricolor não ganharia nada diretamente, mas seria beneficiado de maneira indireta, assim como Náutico e Guarany de Sobral, todos do Grupo D da competição, que assistem à liderança dos paraibanos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.