Na zaga, a escalação de Marcelo Oliveira ao lado de Henrique é quase certa. Time pega o Comercial

Logo no segundo jogo do ano, Gilson Kleina terá que mexer em seu planejamento por conta de lesões. No treino da manhã desta quarta-feira, o treinador armará o Palmeiras que enfrenta o Comercial em Ribeirão Preto tentando encontrar uma solução para a lesão do zagueiro Tiago Alves e, talvez, buscando alguém para o lugar de Diogo.

Gilson Kleina, técnico do Palmeiras
Reprodução
Gilson Kleina, técnico do Palmeiras

Último a dar entrevista antes da atividade, Marcelo Oliveira disse não saber nem se será realmente zagueiro mais uma vez. "Não sabemos nada ainda porque não teve treino tático. O Gilson Kleina ainda não teve nenhuma conversa sobre me efetivar na defesa", relatou o volante.

A escalação de Marcelo Oliveira ao lado de Henrique, contudo, é quase certa. Embora tenha mostrado boas condições físicas no jogo-treino de terça-feira, Lúcio dificilmente estreará como titular e deve, no máximo, ficar no banco de reservas. A dúvida, então, fica na proteção à zaga.

Marcelo Oliveira começou a vitória de sábado, sobre o Linense, como responsável pela marcação à frente da grande área porque Eguren ainda se recuperava de pancada na perna esquerda. O uruguaio já treina normalmente, mas demonstra dificuldades no posicionamento ainda, complicando as intenções de Kleina.

França foi para o banco no fim de semana e já estreou, mas não jogou em 2013 e acaba de se mostrar totalmente recuperado da tuberculose que teve no ano passado. Poderia ser uma opção, mas Kleina também pode optar por Wendel, mantendo o meia-atacante Serginho na lateral direita, ou aumentar a criatividade do meio-campo com a entrada de Felipe Menezes, recuando Renato e Wesley.

Na frente, Diogo virou dúvida depois do treino de segunda-feira, quando Henrique acertou uma cotovelada em sua região abdominal. A esperança é de que o jogador volte a trabalhar normalmente nesta manhã. Caso contrário, Kleina também será obrigado a mexer nos seus planos ofensivos.

Leandro foi um dos destaques positivos no jogo-treino contra o São Caetano, nessa terça-feira, com intensa movimentação que lhe dá chances de voltar a ser titular após perder uma semana na pré-temporada enquanto negociava sua renovação. Se o técnico mantiver a cautela com ele, a alternativa é Vinicius, que mostrou deficiências técnicas novamente nos treinos deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.