Ex-goleiro Edinho jogou na linha no treino da véspera do confronto contra o Audax pelo Campeonato Paulista

A falta de jogadores começa a preocupar o treinador do Santos , Oswaldo de Oliveira. Com seis atletas entregues ao Departamento Médico, o ex-goleiro Edinho teve de completar o time reserva santista, a pedido da comissão técnica. Essa não foi a primeira vez, que o filho de Pelé participou de um treinamento com a equipe principal.

Edinho costuma participar de rachões em treinos do Santos
Ivan Storti/Divulgação Santos FC
Edinho costuma participar de rachões em treinos do Santos

Já em tom de despedida, Oswaldo lamenta possível saída de Montillo

No último coletivo realizado, nessa segunda-feira, 20, para a partida diante do Audax, Edinho, que faz parte da comissão técnica santista atuou no meio de campo, fazendo papel de volante do time reserva.

O ex-goleiro integrou o time de coletes formado por Vladimir, Neto, David Braz e Vinícius Simon; Crystian, Edinho, Léo Cittadini, Diego Cardoso e Emerson Palmieri; Victor Andrade e Leandro Damião.

Na coletiva de imprensa antes da partida contra o XV de Piracicaba, na última sexta-feira, Oswaldo de Oliveira se mostrava preocupado com a falta de opções do elenco santista. "A expectativa era a de ter um elenco mais recheado. Mas o futebol é assim mesmo e temos que nos adaptar a isso", ressaltou. Atualmente o Departamento Médico do Santos conta com Edu Dracena, Arouca, Alison, Montillo, Cícero e Giva.

O time que entrará em campo nesta terça-feira, às 19h30, será Aranha, Bruno Peres, Gustavo Henrique, Jubal e Mena; Alan Santos, Leandrinho, Cicinho e Thiago Ribeiro; Geuvânio e Gabriel. O elenco alvinegro embarcou nessa noite de segunda-feira para São Paulo, na qual enfrentará o Audax, no Pacaembu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.